Coimbra  22 de Setembro de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

OCC, Quinta do Bill e filarmónicas de Coimbra juntos no Convento de São Francisco

2 de Setembro 2021 Jornal Campeão: OCC, Quinta do Bill e filarmónicas de Coimbra juntos no Convento de São Francisco

O Convento de São Francisco acolhe, já no próximo domingo, dia 5 de Setembro, pelas 21h30, o concerto “Orquestra Clássica do Centro & Quinta do Bill”. Um espectáculo que junta a conceituada banda nacional de folk rock Quinta do Bill à formação orquestral de Coimbra para uma apresentação de um reportório surpreendente. A iniciativa torna-se ainda mais diferenciadora pela participação de elementos das três filarmónicas concelhias: a Associação Filarmónica Adriano Soares, a Associação Recreativa e Musical de Ceira e a Filarmónica União Taveirense.

Este é um concerto de entrada gratuita, sujeito ao levantamento do ingresso na bilheteira do Convento de São Francisco, a partir de amanhã, 3 de Setembro, pelas 15h00.

A iniciativa respeita todas as orientações da Direcção-Geral da Saúde, em prol da salvaguarda da saúde pública e segurança relativamente à mitigação da covid-19.

O espectáculo decorre no âmbito do projecto “Lugares Património Mundial do Centro – Rede Cultural 2.0”, numa parceria entre os municípios de Coimbra, Alcobaça, Batalha e Tomar contando, ainda, com a Entidade Regional do Turismo do Centro de Portugal como parceiro institucional e com a Orquestra Clássica do Centro como parceiro copromotor.

Recorde-se que o projeto, financiado por fundos comunitários, visa promover a dinamização e o desenvolvimento do património cultural enquanto instrumento de diferenciação e competitividade de territórios, designadamente, através da sua qualificação e valorização turística. Com recurso a uma programação consolidada e estruturada em rede, de abrangência intermunicipal, a iniciativa procura contribuir para a criação ou diversificação de públicos e da oferta turística; para o envolvimento de agentes culturais regionais, nacionais e internacionais nos processos de produção e criação artística; para o reforço do sentimento de pertença das comunidades locais com os lugares classificados; e para a implementação de uma estratégia de comunicação e promoção eficaz e positivamente impactante na percepção dos visitantes e turistas dos Lugares Património Mundial.

O projecto “Lugares Património Mundial do Centro – Rede Cultural 2.0” prevê ainda, no último trimestre deste ano, a realização de uma exposição que integrará a 4.ª edição do Anozero – Bienal de Arte Contemporânea de Coimbra, cujo objectivo primordial é a criação de um diálogo entre arte contemporânea e património, explorando as múltiplas possibilidades geradas pela classificação da Universidade de Coimbra, Alta e Sofia como Património Mundial da Humanidade pela UNESCO. A iniciativa procura inscrever-se com maior visibilidade no Portugal Centro, sugerindo programação para os lugares-património, com actividades que resultam da interacção entre os criadores e os espaços, fazendo dos monumentos o sujeito da acção artística.

Informações sobre o espectáculo “Orquestra Clássica do Centro & Quinta do Bill” podem ser obtidas através do telefone n.º 239857191 ou via e-mail bilheteira@coimbraconvento.pt.