Coimbra  5 de Agosto de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Obras da reserva do Museu Machado de Castro expostas ao público

20 de Julho 2021 Jornal Campeão: Obras da reserva do Museu Machado de Castro expostas ao público

O Museu Nacional de Machado de Castro (MNMC) apresenta mais um motivo de visita com a integração de obras da reserva do Museu no percurso expositivo permanente, no âmbito da operação de preservação patrimonial em curso, que conjuga a salvaguarda do património com o envolvimento e interacção com os públicos.

A partir da necessidade de limpeza periódica das colecções, está montada no pátio da fonte romana do criptopórtico uma estrutura técnica que intervenciona o acervo de pintura e escultura de madeira em reserva. Em simultâneo, a visibilidade deste trabalho tem a capacidade para interferir no colectivo, passando à cidade a consciência de que a vertente da conservação preventiva inclui a criação de um ambiente laboratorial de estudo e investigação. O MNMC surge, assim, como espaço de conservação e restauro, onde se trabalha também, todos os dias, a salvaguarda do património cultural móvel. A equipa técnica do MNMC envolve, num acordo com o Centro de Formação Profissional CEARTE, três estagiários, com o acompanhamento e a supervisão de Paulo Gouveia, formador do CEARTE.

Fruto desta intervenção de conservação preventiva, o MNMC tem a oportunidade de mostrar ao seu público duas obras da reserva da colecção de escultura de madeira, dos inícios do século XVI – São Mateus (MNMC7732) e a Virgem do Leite (MNMC1240) –, que podem ser vistas na galeria de escultura (piso 0) do Museu. Por esta via, e activando o diálogo entre os diferentes materiais, a pedra e a madeira, revela-se a fertilidade do trabalho escultórico neste período, bem como a riqueza discursiva que actua em Coimbra através da identidade múltipla da mão-de-obra que cumpre as encomendas (e que integra a generalidade da Europa culta do Renascimento).