Coimbra  2 de Dezembro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Obra de requalificação da margem direita do Mondego vai avançar

14 de Agosto 2020 Jornal Campeão: Obra de requalificação da margem direita do Mondego vai avançar

A empreitada de requalificação do espaço público na margem direita do rio Mondego, entre a Ponte de Santa Clara e o Açude-Ponte de Coimbra, vai arrancar nos próximos dias, depois de a Câmara Municipal de Coimbra ter recebido luz verde para avançar por parte do Tribunal de Contas.

A obra na zona ribeirinha de Coimbra prevê a execução dos muros de contenção na margem direita do Mondego e a requalificação das avenidas Cidade de Aeminium e Emídio Navarro nas faixas confinantes com o rio, incluindo trabalhos de terraplenagem e pavimentação, a reformulação das redes de saneamento, electricidade e iluminação pública e a execução de trabalhos de sinalização rodoviária e de integração paisagística.

O projeto de arquitectura prevê também a definição de zonas de estar mais amplas, destinadas aos peões e de relação com o plano de água, nomeadamente a reformulação das actuais rampas de acesso ao rio; bem como a criação de zonas verdes, com coberto arbóreo.

No passado mês de Março, o concurso ficou concluído e o júri propôs a adjudicação à empresa Alberto Couto Alves, S.A.

Esta intervenção tem um valor de 9.950.746,21 euros, com um prazo de execução de 540 dias, tendo a obra comparticipação europeia de 85 por cento, através do POSEUR, no âmbito do quadro comunitário de apoio Portugal 2020, assegurando o Município de Coimbra a contrapartida nacional.