Coimbra  24 de Junho de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Óbito/Marques Lopes: Interessavam-lhe o Direito e a Justiça

11 de Fevereiro 2017

A advogada Arménia Coimbra disse, hoje, ao “Campeão”, que Diamantino Marques Lopes privilegiava o interesse pelo Direito e pela Justiça.

Tratava-se de um advogado “despojado dos bens materiais, abraçava causas e casos sem retribuição”, assinala a jurista.

“Partilhei com ele casos em que constatei a sua postura de desprendimento material; punha acima de tudo o patrocínio e o alcance da Justiça”, acentua.

Para Arménia Coimbra, que enaltece o desempenho de Marques Lopes ao desbravar caminhos no âmbito do Direito Administrativo, o extinto foi um “humanista no exercício da profissão”.

“Marcou muito a minha geração, até por ser pessoa que partilhava a sua sabedoria”, acrescenta a advogada.