Coimbra  1 de Outubro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

“O Relatório da Coisa” sobe ao palco em Coimbra

13 de Fevereiro 2020 Jornal Campeão: “O Relatório da Coisa” sobe ao palco em Coimbra

A actriz e encenadora Carolina Santos, fundadora do projecto Makina de Cena, vai apresentar em Coimbra, amanhã (sexta-feira) e no sábado, o espectáculo “O Relatório da Coisa”, baseado no conto homónimo da escritora e jornalista brasileira Clarice Lispector (1920-1977).

“O espetáculo transpõe para cena, num formato intimista que cruza a poética do absurdo e do mistério, o conto da escritora brasileira, publicado em 1974”, segundo o Teatro da Cerca de São Bernardo (TCSB), espaço cultural gerido pela companhia A Escola da Noite, que acolherá nos dois dias, sempre às 21h30, a primeira produção do Makina de Cena.

Carolina Santos afirma que o texto “assume novo significado neste mundo que, para além de electrónico, se viciou no virtual e no digital, e onde ser já não pertence exclusivamente ao domínio do real e material”.

Na obra “O Relatório da Coisa”, de Clarice Lispector, brasileira de origem ucraniana, “uma das barreiras a serem vencidas para chegar ao que é, consiste na desvalorização da palavra e em anteceder a nomeação”.

“Assim como o relógio não dá conta do significado do tempo, a palavra poderá ser ineficaz na sua capacidade de significar”, adianta Carolina Santos, natural de Coimbra, que fundou em Loulé o projecto Makina de Cena.

Arquitecta formada pela Universidade de Coimbra, Carolina Santos concluiu também, em Paris, o curso de teatro da École Internationale de Théâtre Jacques Lecoq e durante três anos integrou a Companhia Philippe Genty, que apresentou espectáculos em todo o mundo.

O espectáculo “O Relatório da Coisa”, estreado em Loulé, em 2019, conta com a colaboração de Marco Martins e Ana Karina.

Os bilhetes custam entre seis e 10 euros e podem ser comprados antecipadamente ou reservados pelos contactos do TCSB.