Coimbra  28 de Setembro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

O melhor do fotojornalismo regressa a Coimbra a 05 de Julho

25 de Junho 2020 Jornal Campeão: O melhor do fotojornalismo regressa a Coimbra a 05 de Julho

O mundo da fotografia volta a concentrar olhares sobre Coimbra, a partir de 05 de Julho, com a inauguração de oito exposições, a atribuição dos prémios de fotojornalismo, entre outras iniciativas.

A cidade acolhe pelo terceiro ano o ‘Prémio Estação Imagem’, esta edição com alguns condicionalismos devido à pandemia.

A organização destaca uma exposição inédita e de dimensão mundial, que estará patente na galeria ‘Sala da Cidade’, intitulada “SOS Clima”, sobre a urgência ambiental do planeta e os efeitos das alterações climáticas, que reúne trabalhos de cinco agências noticiosas internacionais de fotografia: Agence France-Press, The Associated Press, European Pressphoto Agency, Getty Images e Reuters.

De salientar, também, a exposição “Hong Kong: A luta pela liberdade”, de Felipe Dana, sobre os recentes protestos naquele território da China, assim como “Fim do Califado”, uma reportagem de Ivor Prickett realizada para o ‘The New York Times’, que cedeu as imagens do trabalho que documenta a luta para derrotar o ISIS no Iraque e na Síria.

Coimbra acolhe, ainda, a exposição “Guardiões da Vida Selvagem”, de Brent Stirton, fotojornalista que tem documentado a relação entre o ser humano e o meio ambiente.

A “Caravana”, de Guillermo Arias; “Rusgas às Favelas”, de Patrick Chauvel; “Chamam-nos para casa”, de Sara Blesener; e “Na Terra”, de Ana Brígida, são outras das exposições que têm a sua inauguração marcada, igualmente, para 05 de Julho.

Além da Sala da Cidade, as exposições vão ocupar espaços do Convento de São Francisco, Edifício Chiado, Casa Municipal da Cultura, Mosteiro de Santa Clara-a-Velha e Centro Cultural Penedo da Saudade.

O júri desta edição para o ‘Prémio Estação Imagem’ é presidido por Patrick Chauvel, repórter de guerra em exercício, que já cobriu mais de 20 conflitos. Brent Stirton, Felipe Dana, e João Silva são os restantes membros do júri que irá reunir através do digital.

A par da reportagem vencedora do ‘Prémio Estação Imagem’ e da Fotografia do Ano, o júri irá, ainda, eleger o vencedor da ‘Bolsa Estação Imagem Coimbra’, para que um fotojornalista possa desenvolver, ao longo do ano, um projecto fotográfico documental sobre o distrito de Coimbra.

Este é o único concurso da Península Ibérica dedicado ao fotojornalismo, estando aberto a profissionais da área portugueses, dos PALOP e da Galiza, ou estrangeiros residentes nestas zonas.

Segundo os responsáveis do evento, apesar dos condicionalismos e limitações deste ano, o número de candidaturas foi idêntico ao da ultima edição.