Coimbra  12 de Abril de 2024 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

O melhor da música electrónica de volta à praia do Relógio de 5 a 7 de Julho

27 de Março 2024 Jornal Campeão: O melhor da música electrónica de volta à praia do Relógio de 5 a 7 de Julho

Uma década de sonhos é a proposta da 10.ª edição do RFM SOMNII, que em 5, 6 e 7 de Julho leva à praia do Relógio da Figueira da Foz nomes da electrónica mundial e portuguesa, com destaque para o holandês Armin van Buuren.

O 5.º no top DJ MAG regressa ao “maior sunset de sempre” sete anos depois de ter marcado presença em 2017, e junta-se a Don Diablo, Nicky Romero, R3hab ou W & W, entre outros.

A representar Portugal no RFM SOMNII Intermarché surgem Zanova, Bruno R, Kura, Breyth, Diego Miranda e Koriz.

“São 10 anos de muitas memórias. Este é ‘o’ cartaz. Armin van Buuren é o nome maior, pela sua longa carreira. É um festival com um grande cenário, na praia, com acesso ao mar, com um público fantástico”, disse o diretor executivo do promotor, a MOT – Memories of Tomorrow, na apresentação do evento, hoje na Figueira da Foz.

Tiago Castelo Branco revelou ainda que, este ano, haverá uma Fun Kids Zone, para as crianças, que até aos 12 anos têm entrada livre.

“Pretendemos que seja um festival para a família. Há 10 anos, quando começámos, quem veio tinha 25 anos. Hoje, terão 35 anos, uma família e podem trazer os filhos. É uma forma de também plantarmos a sementinha para novos festivaleiros”, os sonhadores, como são apelidados os presentes neste festival.

Os passes gerais para três dias e os passes VIP três dias estão à venda a partir de 60 euros em rfmsomnii.com, na rede Blueticket, Ticketline e outros locais habituais. Há ainda bilhetes diários a partir de 35 euros.

Estes preços estão em vigor até ao dia 31. A partir de 1 de Abril, o novo lote de vendas apresenta passes gerais a 75 euros e diários desde 42,5.

A mistura de estilo do RFM SOMNII Intermarché, com house, tech-house, techno, trance, big room, harstyle, harcore, entre outros, torna este festival uma experiência transversal, disse Tiago Castelo Branco, que revelou ainda a criação de um espaço de ginásio dentro do recinto para a prática desportiva.

Em 2023, o festival recebeu 80 mil entradas e, este ano, as vendas, comparativamente com períodos homólogos, estão mais altas, disse ainda o representante da empresa promotora.

António Mendes, da RFM, falou num espetáculo mágico, de reencontros e amizades, num local com condições espetaculares, enquanto Cristina Figueiredo, do Intermarché, garantiu que a empresa procura apoiar o desenvolvimento local, através da cultura.

Da Câmara da Figueira da Foz, o vereador Manuel Domingues sublinhou a importância do evento para a economia local e que a iniciativa se insere numa fórmula da autarquia de atrair grandes acontecimentos para o concelho, como o Rali de Portugal.

O DJ Kura lembrou que todos os artistas que marcam presença no festival ficam impressionados com o local e com o comportamento do público.

Embora sem marcar presença na apresentação do evento, por motivos pessoais, o presidente da Turismo do Centro de Portugal, Raul Almeida, frisou, numa mensagem lida por Tiago Castelo Branco, que o festival gera uma sensação de prazer e de bem-estar e que é uma fonte de receita para o tecido empresarial da Figueira da Foz.

No dia 5 de Julho, a programação apresenta Mandragora, R3hab, Sub Zero Project, Ve/Ra, Zanova e Bruno R. No dia seguinte, estão no palco Armin van Buuren, Fedde Le Grand, Kura, Nicky Romero, Breyth e Tim Hox.

A finalizar a 10.ª edição, o cartaz destaca os nomes de Coone, Diego Miranda, Don Diablo, Nervo, W & W e Koriz.

Rich & Mendes são os RFM Resident DJ.