Coimbra  22 de Julho de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

O. do Hospital: Marcelo na Festa do Queijo evoca vítimas dos fogos

7 de Março 2018

As vítimas dos incêndios de 2017 vão ser homenageadas na Festa do Queijo Serra da Estrela de Oliveira do Hospital, no fim-de-semana, evento que conta com a visita do Presidente da República no domingo.

Mais uma vez, a feira decorre no largo de Ribeiro do Amaral, no centro da cidade, sendo assumida pela Câmara Municipal como contributo para fazer “renascer os rebanhos de ovelhas da raça Serra da Estrela” dizimados pelos fogos de 15 e 16 de Outubro de 2017.

Estas ovelhas autóctones “estão na origem da produção do leite com que se faz um dos mais afamados queijos do mundo”, segundo a autarquia presidida por José Carlos Alexandrino.

“Desta vez, é uma feira muito virada para a solidariedade e também para o agradecimento coletivo a Portugal”, declara José Carlos Alexandrino.

Na impossibilidade de convidar para o encontro as “mais de 10 000 pessoas que ajudaram” as vítimas da tragédia no concelho, a Câmara de Oliveira do Hospital vai agraciar, a título simbólico, alguns dos voluntários e entidades “que se distinguiram nesta cadeia” de solidariedade.

“Esta é uma feira do queijo especial, uma grande festa para dizer obrigado a Portugal”, enfatizou o presidente da Câmara.

A homenagem às vítimas dos incêndios realiza-se no domingo, durante um almoço para cerca de 1 000 pessoas, com a presença do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

Desta forma, a Câmara de Oliveira do Hospital quer “agradecer aos portugueses e a cidadãos de outros países o contributo dado para a formação da gigante onda de solidariedade”, na sequência dos incêndios de há cinco meses.

Enquanto organizador da feira, que visa promover o queijo com denominação de origem protegida (DOP) Serra da Estrela, este município do distrito de Coimbra “vai desafiar os visitantes a apadrinharem as borregas” em exposição, através do pagamento de uma quantia financeira.

A receita da iniciativa reverte na íntegra para o centro de recria da Associação Nacional de Criadores de Ovinos Serra da Estrela (ANCOSE), criado no concelho “com a finalidade de preservar três produtos” certificados da região – queijo, requeijão e borrego DOP Serra da Estrela – “seriamente afectados após a morte de vários milhares de animais” desta raça autóctone, nos incêndios de 2017.

A reposição dos anteriores níveis de produção do queijo DOP Serra da Estrela vai demorar vários anos, mas a qualidade não foi afectada pelos incêndios, assegurou há um mês o presidente da ANCOSE, Manuel Marques, em entrevista à Lusa.

A feira começa no sábado, às 09h00, com 300 expositores de produtos endógenos, artesanato e gastronomia.

O programa inclui diferentes realizações, como provas de queijo DOP e vinhos do Dão, concursos gastronómicos, fabrico de queijo e requeijão ao vivo, tosquias e exposição de ovelhas e cães da raça Serra da Estrela, além da presença de artesãos a trabalhar nos seus ofícios.

 

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com