Coimbra  13 de Junho de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

“O Despertar”: Jornais centenários querem ser património imaterial

5 de Março 2017 Jornal Campeão: “O Despertar”: Jornais centenários querem ser património imaterial

“O Despertar”, de Coimbra, entrou para o grupo de 32 jornais centenários portugueses e que vai ser proposto para uma candidatura a património imaterial da humanidade da UNESCO, segundo foi hoje anunciado.

João Palmeiro, presidente da Associação Portuguesa de Imprensa, referiu, no almoço-convívio que assinalou 100 anos de “O Despertar”, que a candidatura está em marcha e que os 32 jornais centenários vão ser recebidos, dia 30 de Março, pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

No almoço comemorativo, que decorreu em Santo António dos Olivais, o presidente da Câmara Municipal de Coimbra recordou que, há 25 anos, teve a honra de entregar ao “O Despertar” a medalha de ouro da cidade e, agora, o grato prazer de estar nas celebrações dos 100 anos.

Para Manuel Machado, o jornal centenário tem representado “uma força tranquila no desenvolvimento de Coimbra” e considerou que “perder a memória é perder o futuro”.

Antes, Lino Vinhal, que prosseguiu com “O Despertar” e saudou todas as gerações da família Sousa que o conceberam e o trouxeram até ao século XXI, sublinhou que este é “um jornal com memória, assente nos afectos e com colaboradores que lhe dão alma”.