Coimbra  21 de Fevereiro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Nova sede da Critical Software na “Baixa” será financiada pelo BPI

30 de Agosto 2018

O projecto de reabilitação do antigo edifício da Coimbra Editora, adquirida pela Critical Software para ali instalar a sua sede, será financiada pelo banco BPI.

Segundo a entidade bancária, este projecto é o primeiro a ser financiado pelo BPI na região Centro, no âmbito do Instrumento Financeiro para a Reabilitação e Revitalização Urbanas (IFRRU) 2020.

“O financiamento destina-se à reabilitação integral do antigo edifício da Coimbra Editora para acolher cerca de 500 colaboradores da tecnológica portuguesa”, explica o BPI, adiantando que “o Grupo Critical pretende que a nova sede seja um espaço de trabalho de referência, que promova a interacção entre os colaboradores e entre estes e a comunidade”.

O imóvel, actualmente devoluto, tem cerca de 4 500 metros quadrados e será, espera-se que no próximo ano, a nova sede da empresa conimbricense, tendo como objectivo “atrair novos talentos à saída das universidades e garantir uma maior proximidade com a comunidade local”.

O edifício, datado de 1937, “será objecto de modernização, mantendo, no entanto, a sua traça original e elementos que possam realçar a sua história particularmente rica”, realça o BPI, que sublinha tratar-se “de um espaço emblemático, um local de edição e impressão de livros, ou seja, um espaço com uma longa tradição de conhecimento, que se pretende inspirador para os colaboradores da empresa”. A nova sede irá incluir zonas de lazer, no interior e exterior, e será “dotado de uma rede de infraestruturas sofisticada, assente em tecnologia de ponta e soluções autossustentáveis a nível energético”.

O BPI foi um dos bancos seleccionados para implementar o IFRRU 2020 (criado no âmbito do Ministério do Ambiente), cujas dotações provêm do Portugal 2020, do Banco Europeu de Investimento (BEI) e do Banco de Desenvolvimento do Conselho da Europa (CEB), disponibilizando uma linha de crédito no valor total de 400 milhões de euros, para cofinanciamento.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com