Coimbra  24 de Outubro de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Noivas de antigamente desfilam no Terreiro da Erva no sábado

3 de Outubro 2019

Manuel Lobão, Zita Alexandre (presidente da AISEC), João Francisco Campos (presidente da UF de Coimbra), Hélder Abreu, Celeste Correia e Luís Castro

 

A Associação de Indústria, Comércio e Empresas de Coimbra (AICEC), com o apoio da União de Freguesias de Coimbra, vai promover um desfile de noivas “único”, com 100 vestidos desde o século passado até aos anos mais recentes.

A iniciativa, intitulada “Mostra-me o teu vestido de noiva”, contará com a participação de 100 modelos, e realiza-se no próximo sábado (05), no Terreiro da Erva, a partir das 21h00.

Esta que é um evento raro e, de certo modo, até pioneiro, na “Baixa” da cidade, tendo como principal objectivo “trazer mais pessoas a esta zona da cidade, que tanto precisa, porque o centro de Coimbra não é apenas as ruas de Visconde da Luz, Ferreira Borges e a praça 08 de Maio”, explicou Zita Alexandre, presidente da AICEC.

Luís Castro, também da Associação de Comerciantes, sublinha que esta iniciativa, “acima de tudo, visa promover espaços que não são tão frequentados e utilizados, divulgar os negócios dos comerciantes e apelar a que as pessoas voltem ao centro da cidade, permitindo assim que todas as actividades económicas refloresçam”.

Assim, o próximo sábado (05), o Terreiro da Erva, vai transformar-se num casamento gigante, com uma mostra com vários expositores de empresas relacionadas com o tema a anteceder o grande desfile.

Os cerca de 12 stands de exposição dos comerciantes ligados ao ramo dos casamentos abrem “portas” a partir das 14h00, contando sempre com a animação de um DJ.

No recinto marcará, ainda, presença o Centro Social e Cultural 25 de Abril a recolher fundos para as suas actividades, lançando ainda a organização um apelo a que o público leve um bem alimentar ou algum material escolar para doar à instituição.

Pelas 21h00, e a anteceder o desfile principal, haverá um outro, infantil, com vestidos de cerimónia, seguindo-se a actuação do Coimbra Gospel Choir e a reprodução da primeira valsa dos noivos.

No desfile principal vão participar cerca de 100 noivas, um número que claramente superou as expectativas da organização, com modelos desde 1961 até 2015. A desfilar estarão, ainda, dois noivos.

O júri seleccionará, depois, os três modelos mais bonitos, que terão direito a prémios, atribuídos por lojas da “Baixa” da cidade.

“Quisemos fazer um evento diferente e pensámos nos vestidos de noiva, tendo sempre presente a ideia de que os mesmos pudessem ser desfilados pelas próprias noivas ou familiares, sejam filhas ou netas”, explica Irina Pires, da organização.

Para João Francisco Campos, da UF de Coimbra, este “é um evento único a que a União de Freguesias aderiu logo por ser uma ideia fantástica”. “Apesar de apenas darmos apoio logístico, o fundamental é promover eventos nesta e noutras zonas da União de Freguesias e tirar as pessoas de casa, muitos que são casos sociais difíceis”, referiu o autarca.

As 100 noivas terão direito a preparação a rigor, com maquilhagem e cabelos, proporcionadas por estabelecimentos comerciais da “Baixa” de Coimbra.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com