Coimbra  22 de Novembro de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

‘Na Cor do Avesso’, Plural e Cerâmica Antiga de Coimbra premiados

3 de Julho 2019

A Câmara Municipal de Coimbra vai distinguir, amanhã (04), na cerimónia de celebração do Dia da Cidade, o grupo de música ‘Na Cor do Avesso’, a empresa Plural e a Cerâmica Antiga de Coimbra.

As distinções serão feitas no âmbito dos prémios municipais “Edmundo de Bettencourt/Canção de Coimbra” – para os ‘Na Cor do Avesso’ – e o de Arquitectura “Diogo de Castilho” – para as reabilitações dos edifícios da Plural e da Cerâmica Antiga da Coimbra.

No caso do galardão musical, o grupo conimbricense será distinguido pela álbum “Sublime o teu sair de ti”, uma vez que, “em termos musicais, o trabalho foi mais cuidado e mais trabalhado, com a quase totalidade de música e textos originais. Louva-se, ainda, a qualidade gráfica e o facto de ser uma edição bilingue”, revela a autarquia na acta do júri.

O prémio para o grupo tem o valor de 5 000 euros.

“Embora não saiam vencedores do concurso, o júri gostaria de elogiar o esforço de originalidade e de renovação do trabalho de António Dinis, e a qualidade do trabalho de João Farinha”, sublinham.

Os jurados foram constituído pela vereadora da Cultura da Câmara Municipal, Carina Gomes; pelo maestro Virgílio Caseiro, designado pela autarquia; por Flávio Pinho, em representação do Conservatório de Música de Coimbra, e por Paulo Estudante, em representação da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (Estudos Artísticos).

Já em relação ao Prémio Municipal de Arquitectura “Diogo Castilho”, atribuído ‘ex aequo’, por decisão unânime do júri, aos arquitectos co-autores do projecto das novas instalações da Plural, Cooperativa Farmacêutica, Alexandre Dias e Maria Amália Freitas; e aos arquitectos co-autores do projecto de reabilitação do edifício da Cerâmica Antiga de Coimbra, Luísa Bebiano, Carlos Antunes e Desirée Pedro.

“Enaltecendo ainda a qualidade, coerência e originalidade arquitectónica das demais obras a concurso, que de igual modo contribuem para valorizar o património arquitectónico edificado de Coimbra, o júri decidiu por unanimidade atribuir uma Menção Honrosa à obra de reabilitação de habitação uni-familiar na rua dos Combatentes da Grande Guerra, n.º159 a 161, em Coimbra, da autoria do arquitecto Jorge Manuel Horta e Vale Teixeira Dias”, revelou o júri do prémio.

A este galardão, a Câmara Municipal de Coimbra atribuiu o valor pecuniário de 12 300 euros, que será repartido, igualmente, pelas duas equipas de arquitectos responsáveis pelas obras vencedoras.

O grupo de jurados foi constituído por vice-presidente da Câmara Municipal de Coimbra, Carlos Cidade; pelo arquitecto designado pela Assembleia Municipal de Coimbra, António Monteiro; pela arquitecta designada pela Ordem dos Arquitectos Portugueses, Joana Vasconcelos; e pelo arquitecto designado pelo Departamento de Arquitectura da FCTUC, Luís Correia.

A cerimónia solene do Dia da Cidade, amanhã (04), tem início a partir 10h30, no salão Nobre dos Paços do Concelho de Coimbra.

Antiga cerâmica Coimbra

15 - Nova sede Plural

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com