Coimbra  17 de Junho de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Mutualismo: Três listas para os órgãos de A Previdência Portuguesa

4 de Dezembro 2017

A eleição, a 14 de Dezembro, dos órgãos sociais de A Previdência Portuguesa, criada em Coimbra há perto de 90 anos, vai ser disputada por três listas.

António Martins Oliveira (lista B), que se recandidata a timoneiro, vai ter como opositores Arménio Bernardes Pereira (lista A) e Fausto Dinis (lista C).

Luís Filipe Perdigão, membro do Conselho de Administração cessante, recandidata-se ao cargo como elemento do elenco de potenciais gestores encabeçado por Fausto Dinis.

Arménio Bernardes Pereira fez parte, há três anos, de uma lista encimada por Carlos Marino Borges.

Martins Oliveira ascendeu à liderança da instituição na sequência do falecimento de Mário Nunes.

Luís Pais de Sousa é o nome patrocinado pela lista B para a presidência da Mesa da Assembleia Geral, tendo como opositores Irene Carvalho da Silva (lista A) e António Manuel Arnaut (lista C).

Pedro Eduardo da Paz Monteiro, presidente do Conselho Fiscal cessante, volta a perfilar-se para o cargo (lista B). António Sá Gonçalves, que foi candidato a timoneiro da Mesa da Assembleia Geral, em 2014, também se perfila para o CF, pela lista A, a par de Luís Dias da Silva, pela lista C.

O mutualismo é um sistema privado de protecção social que visa o auxílio mútuo das pessoas em situação de carência ou melhoramento das suas condições de vida.

 

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com