Coimbra  12 de Junho de 2024 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Museu Municipal e Centro de Arte Contemporânea com oficinas de Verão

1 de Junho 2024 Jornal Campeão: Museu Municipal e Centro de Arte Contemporânea com oficinas de Verão

A programação de Junho do Museu Municipal de Coimbra (MMC) e do Centro de Arte Contemporânea de Coimbra (CACC) oferece aos mais novos e ao público em geral um conjunto de actividades diversificadas e gratuitas.

O MMC tem um programa de férias destinado a grupos formados do pré-escolar, ATL’s ou centros de férias, com idades compreendidas entre os três e os 12 anos, que procura motivar aprendizagens que valorizam a curiosidade e a criatividade, tendo como ponto de partida o contacto com a arte e a história da cidade de Coimbra. As oficinas têm um carácter lúdico e pretendem estimular a experimentação e a vivência em grupo.

Até 28 de Junho, decorre a Oficina “Pintar a Liberdade”, dirigida a alunos do pré-escolar, 1.º e 2.º ciclos e ATL’s. Em torno do conceito de Liberdade, vão partilhar-se ideias junto dos mais novos e perceber que grande e abrangente palavra é esta. A actividade tem lugar na Sala da Cidade, de terça a sexta-feira, das 13h00 às 16h00 e requer inscrição pelo telefone 239 840 754 ou através e-mail museu.municipal@cm-coimbra.pt.

De Junho a Setembro, de terça a sexta-feira, das 10h00 às 16h00, tem lugar a oficina “Os inimigos do património”, no Edifício Chiado, dirigida a alunos do pré-escolar e ATL’s. Para o mesmo público e em igual período temporal, decorrem as oficinas “De Pombal a Coimbra”, na Torre de Almedina, e “Legos para que vos quero”, na Torre de Anto, das 10h00 às 16h00, e no Edifício da Inquisição, das 13h00 às 16h00, e “Caças às palavras”, das 13h00 às 16h00, mo Edifício da Inquisição. As oficinas requerem igualmente inscrição pelo telefone 239 840 754 ou através do e-mail museu.municipal@cm-coimbra.pt.

A 4, 5, 11, 12, 18 e 19 de Junho estão disponíveis para agendamento das escolas e ATL’s as visitas dramatizadas promovidas pelo actor Ricardo Kalash, na sua personagem “Guarda Chaves”. Às 11h00 ou às 15h00, têm lugar “O Guarda Chaves visita o Chiado”, “O Guarda Chaves desvenda o Pátio da Inquisição (esta proposta só está disponível no horário das 15h00), “O Guarda Chaves sobe à Torre de Almedina” e “O Guarda Chaves passeia pela Baixa”. Esta actividade requer inscrição através do telefone 239718238 ou do e-mail geral@aescoladanoite.pt.

Por sua vez, o CACC disponibiliza, de Junho a Setembro, “Kits didácticos” (por cada exposição que acontece no CACC, são criados seis kits diferentes), destinados a crianças do pré-escolar, ATL’s e público em geral (para grupos de seis a 20 pessoas).

Durante estes meses, tem ainda lugar a oficina “Livro a Minha Colecção”, na qual o CACC convida a conhecer as obras da Colecção do Estado (CACE) que estão no edifício e selecciona seis obras. Esta actividade é destinada ao pré-escolar, ATL’s e público em geral, para grupos de seis a 15 elementos.

O CACC organiza, ainda, em parceria com o MMC, a oficina “O Guardador de valor”, para o mesmo público e grupos de seis a 20 elementos. A ideia é desenhar o património arquitectónico onde os núcleos do Museu Municipal e o CACC estão inseridos, com duas vertentes: os pormenores da arquitectura ou as formas geométricas dos edifícios. Para esta actividade, é importante levar um boné, garrafa de água, bem como, os materiais de desenho que preferem utilizar.

De Junho e Setembro, o CACC preparou, ainda, mais duas oficinas para o pré-escolar, ATL’s e público em geral. A “Oficina de pincel e tinta”, para grupos de seis a 12 pessoas, e a oficina “Da Teoria ao texto”, partindo de conversas e desenhos, conversas sobre arte, contemporaneidade e quotidiano. Para os mais pequeninos, o CACC convida a desenhar uma obra. Estas actividades requerem inscrição pelo telefone 239 828 052 ou pelo e-mail centroartecontemporanea@cm-coimbra.pt.

Já no Museu Municipal, a 13 de Junho, às 10h30, decorre a visita encenada à Torre de Almedina – Núcleo da Cidade Muralhada, “D. Sesnando, O Alvazil de Coimbra”, por D. Sesnando Davides, todas as segundas quartas-feiras do mês, dirigida ao pré-escolar, 1.º e 2.º ciclos (grupos de cinco a 25 crianças). A visita requer inscrição pelo telefone 239 833 771 ou através do e-mail museu.municipal@cm-coimbra.pt.

Para o público em geral, a 8, 15, 22 e 29 de Junho, às 14h30, têm lugar as visitas acompanhadas à exposição “O Fantasma da Liberdade – Teresa Lanceta”, patente na Sala da Cidade, pela organização do Anozero|Bienal de Coimbra de 2024. As visitas requerem marcação através do preenchimento do formulário https://forms.gle/2txyCy3qbjxUWoV86.

No dia 6 de Junho, às 18h00, acontece a visita dramatizada pela Baixa da cidade, intitulada “O Guarda Chaves passeia pela Baixa”, do actor Ricardo Kalash. O ponto de partida é o Edifício Chiado e a visita requer inscrição pelo telefone 239 718 238 ou pelo e-mail geral@aescoladanoite.pt. Já a 14 de Junho, às 18h00, acontece a visita “O Guarda Chaves desvenda o Pátio da Inquisição”. Trata-se de uma visita dramatizada pela Baixa da cidade, na qual o actor Ricardo Kalash desvenda histórias desde a Inquisição até aos nossos dias. O ponto de partida é o Teatro da Cerca de S. Bernardo. A visita requer inscrição através do telefone 239718238 ou do e-mail geral@aescoladanoite.pt.

No dia 15 de Junho, às 15h30, está programada a visita à exposição “Judeus de Coimbra”, com uma nova configuração. A visita sai à rua, percorrendo o espaço urbano, outrora ocupado pelas judiarias de Coimbra. Terá início na Rua Corpo de Deus, junto à Rua Visconde da Luz e finalizará no Edifício da Inquisição. Tem uma duração de cerca de 90 minutos, para grupos de cinco a 25 pessoas, e requer inscrição pelo telefone 239 840 754 ou pelo e-mail museu.municipal@cm-coimbra.pt.

De 18 a 21 de Junho, o MMC convida à participação no projecto “Vara Digital: Videopoema”, da autoria de Alex Lima, no Edifício da Inquisição, para grupos com o máximo de 15 pessoas. Trata-se de um processo de criação colectiva de uma obra multimédia com interpretações de textos de autor (poéticos, contos e históricos) onde o tema central está relacionando com a história do povo Judeu.

Com recurso a ferramentas electrónicas digitais (computador, telemóvel, aplicações e softwares gratuitos de demostração), harmonizados com sons/efeitos sonoros, imagens em movimento, pequenos vídeos e palavras criar-se-á uma obra colectiva de vídeo arte, denominado Videopoesia. O resultado será exibido numa instalação externa intitulada “Varal Digital” nas fachadas dos prédios do pátio da inquisição, designadamente do Edifício da Inquisição, que acolhe a exposição “Judeus de Coimbra”. Os participantes têm de se fazer acompanhar de telemóvel, tablet ou computador. A actividade requer inscrição pelo telefone 239 840 754 ou pelo e-mail museu.municipal@cm-coimbra.pt.

Como acontece no quarto sábado de cada mês, dia 22, as entradas no MMC e no CACC são gratuitas. Neste dia, no CACC, vai decorrer uma visita acompanhada pelo curador José Maçãs de Carvalho à exposição “Do lado mais visível das imagens”, mostra que termina a 23 de Junho. A visita requer inscrição através do telefone 239 828 052 ou do e-mail centroartecontemporanea@cm-coimbra.pt. Às 16h00, acontece a oficina “Artsketchers”, para maiores de 18 anos. A inscrição é gratuita e as vagas limitadas. O material é da responsabilidade do participante. A actividade requer inscrição pelo telefone 239 828 052 ou pelo e-mail centroartecontemporanea@cm-coimbra.pt.

No dia 25, às 10h30, tem lugar o “Percurso pela desaparecida muralha de Coimbra”. Como o nome indica, é um percurso pedonal, com a duração de cerca de 90 minutos, que ajudará o visitante na percepção da estrutura defensiva medieval da cidade, tendo como ponto de partida a Torre de Almedina. Esta acção tem como público-alvo alunos do ensino secundário e toda a comunidade, em grupos formados entre cinco e 25 pessoas. A iniciativa também requer inscrição pelo telefone 239 833 771 ou pelo e-mail museu.municipal@cm-coimbra-pt.