Coimbra  22 de Novembro de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Museu de Conímbriga recebeu apresentação da “National Geographic”

8 de Julho 2019

A edição de Julho da revista “National Geographic Portugal” foi apresentada, hoje, no Museu Monográfico de Conímbriga, em Condeixa-a-Nova.

A escolha do local não foi aleatória, já que a revista inclui nesta edição uma reportagem intitulada “As sete vidas de Conímbriga”, que aborda “diversos aspectos relacionados com a história daquela que é considerada a cidade romana melhor conhecida e preservada do território português”, revela o Museu, adiantando que “um dos destaques vai para o arranque da investigação arqueológica em torno de Conimbriga ainda no último quartel do século XIX e o seu percurso até à actualidade, passando pela criação do Museu, levada a cabo com a intenção de expor os objectos descobertos nas escavações, dando ainda especial realce à actividade de conservação e restauro actualmente desenvolvida pela instituição”.

Esta sessão serviu, ainda, para divulgação dos resultados do “Estudo de Públicos de Museus Nacionais”, relativos ao Museu Monográfico de Conímbriga, uma iniciativa da Direcção-Geral do Património Cultural (DGPC) e do Centro de Investigação e Estudos de Sociologia (CIES-IUL) do Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL), com o apoio mecenático da Fundação Millennium BCP e da ONI.

Este estudo é o primeiro realizado no país que compreende uma amostra representativa (mais de 13 000 questionários validados), alargado no tempo (12 meses de recolha de informação) e com diversos museus abrangidos (14 espaços a nível nacional), tratando-se, por isso, de “um projecto estruturante e inovador na área dos estudos de públicos de museus em Portugal”.

A ideia era perceber e responder, de forma detalhada, a caracterização dos públicos do MNC-MC sobre: quem visita o museu?; Qual a relação com o museu?; Com quem visita?; Qual a duração e as motivações da visita?; Como se informaram?; Que avaliações fazem do museu e da exposição?; Quais as motivações, práticas culturais e frequência de visita?.

Aos dados quantitativos acrescem as opiniões e sugestões que os visitantes deixaram no final da visita, numa abordagem qualitativa que constitui um dos contributos mais inovadores deste estudo.

Na sessão participaram a directora-Geral do Património Cultural, Paula Araújo da Silva; o director do Museu Monográfico de Conímbriga, José Ruivo; e o director da National Geographic Portugal, Gonçalo Pereira.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com