Coimbra  25 de Maio de 2022 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Muro de suporte na Rua da Liberdade (Torres do Mondego) vai ser requalificado

12 de Abril 2022 Jornal Campeão: Muro de suporte na Rua da Liberdade (Torres do Mondego) vai ser requalificado

A Câmara Municipal de Coimbra (CMC) dá início, amanhã, dia 13, à estabilização do muro de suporte na Rua da Liberdade, na localidade dos Palheiros, na freguesia das Torres do Mondego.

A intervenção vai implicar condicionamentos de trânsito e de estacionamento durante uma semana. Esta obra integra uma ampla empreitada de reposição de condições de segurança em 10 infra-estruturas municipais, taludes e muros.

Esta obra na zona 6 representa um investimento global de 308.045,25 euros (IVA incluído).

Os trabalhos incluem a execução de um muro de suporte em gabiões, que durante uma semana, previsivelmente, vão implicar o condicionamento parcial de uma faixa de rodagem na via, de modo que a circulação rodoviária seja alternada.

Recorde-se que esta é uma empreitada mais ampla, prevendo-se a requalificação e reparação de taludes, de estruturas de contenção e de outros elementos estruturais necessários à estabilização das infra-estruturas, em especial no que respeita às plataformas viárias e à consequente circulação rodoviária e pedonal em segurança.

A avaliação de locais críticos levou à elaboração, pelos serviços municipais, de projectos, tendo a adjudicação da empreitada ocorrido em Agosto e a consignação em Novembro de 2021. As obras vão avançar faseadas em 10 zonas, consistindo, essencialmente, na requalificação e execução de muros de suporte e de contenção em betão armado, gabião e elementos pré-fabricados de betão para a estabilização de taludes. A empreitada foi adjudicada à empresa Nortins Engenharia, Lda., tendo um prazo de execução de 180 dias.

Em curso, desde 21 de Fevereiro, está o alargamento do pontão na Rua dos Mártires da Tragédia do Mondego, na localidade de Pé de Cão, na União das Freguesias de S. Martinho do Bispo e Ribeiro de Frades.

Para além da zona 1 (alargamento do pontão na Rua dos Mártires da Tragédia do Mondego) e da zona 6 (muro de suporte na Rua da Liberdade, nos Palheiros), as restantes zonas a intervencionar são as seguintes:

Zona 2 – Muro de Suporte no Campo da Moita Santa – Freguesia de Cernache

Zona 3 – Muro na Estrada Principal – Vale de Cântaro – União das Freguesias de Assafarge e Antanhol

Zona 4 – Muro de Suporte na Travessa do Poço de Água – Freguesia de Santo António dos Olivais

Zona 5 – Urbanização Quinta da Fonte – Requalificação dos Muros e Espaço Exterior – Freguesia de Santo António dos Olivais

Zona 7 – Muro na Rua da Cova – Fontinhosa – União das Freguesias de Assafarge e Antanhol

Zona 8 – Muro na Rua Quinta da Galheta – Fornos – União das Freguesias de Trouxemil e Torre de Vilela

Zona 9 – Muro na Travessa Comandante Bento – União das Freguesias de Assafarge e Antanhol

Zona 10 – Muro na Urbanização da Rua de Aveiro – União das Freguesias de Coimbra