Coimbra  4 de Dezembro de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Mural da Associação de Futebol de Coimbra homenageia agentes desportivos

24 de Outubro 2021 Jornal Campeão: Mural da Associação de Futebol de Coimbra homenageia agentes desportivos

A Associação de Futebol de Coimbra (AFC) celebrou o 99.º aniversário na sexta-feira (22) e apresentou o mural com as fotografias de jogadores Internacionais e de dirigentes da arbitragem.

Fundada a 22 de outubro de 1922, a AFC assinalou o “pontapé de saída” para a comemoração do Centenário, cujo ponto alto está previsto para 2022.

O presidente da Assembleia Geral, Armando Braga da Cruz e o presidente da AFC, Horácio Antunes foram anfitriões na apresentação da nova sala de visitas, que contou com a presença do antigo Internacional e glória da Briosa, Mário Campos e do antigo árbitro Ramiro Santiago.

Consequência das obras de remodelação da sede da AFC, no Estádio Municipal Sérgio Conceição, em Taveiro, o “mural da Glória”, que contará em breve com fotografias dos presidentes da instituição, foi elogiado pelos convidados tendo, na ocasião, o antigo Internacional Mário Campos oferecido à AFC publicações alusivas à carreira como futebolista e uma das camisolas que envergou ao serviço da Selecção Nacional.

Muito sensibilizado com a homenagem aos jogadores Internacionais que marcam a história do futebol no distrito de Coimbra, Mário Campos considerou fantástico reviver 50 anos depois, através das fotografias, momentos de uma época excepcional em termos desportivos e, em particular, da Académica. “Dos 16 jogadores que foram internacionais “A”, nove ou 10 alcançaram-no no período em que joguei, pelo que estamos a falar de uma equipa incrível”, lembra.

Na final da Taça de Portugal, de que muito se fala, nove jogadores eram universitários e sete eram internacionais “A”, o que “torna extraordinária uma equipa que ficou na memória de muitos”, considera Mário Campos, que não escondeu a satisfação pela criação do “Mural da Glória” na sala de visitas da sede da AFC.

“É uma época que tenho presente diariamente. Foi uma época de grandes equipas, incluindo a da Académica e estas são marcas que ficam para a vida!”, assegura.

Por seu turno, o presidente da AF Coimbra, Horácio Antunes explica que a iniciativa realizada na sexta-feira, teve o objectivo “de dar a conhecer a todos os envolvidos na actividade dos nossos Clubes a nova sala de visitas da sede da AFC onde estarão doravante as figuras marcantes do futebol distrital, que alcançaram posição de destaque no contexto nacional com a chamada à Selecção Nacional e as consequentes internacionalizações, bem como dos árbitros internacionais e futuramente dos presidentes que serviram a AFC”.

Já com as comemorações do Centenário no horizonte, Horácio Antunes revela que, em breve, será divulgada a Comissão de Honra e a Comissão Executiva das comemorações, estando também na agenda a conclusão da recolha histórica e do plano de edições nomeadamente o Livro do Centenário e a obra 100 Anos, 100 Histórias do Futebol e de Coimbra.

Convidado a analisar o percurso da Associação conimbricense nos últimos 99 nos, o presidente da AF Coimbra salienta o sacrifício e a dedicação de muitos atletas, árbitros, técnicos e de diretores, que na sua maioria de forma benévola, estiveram ao serviço da Associação e asseguraram o desenvolvimento do futebol distrital, contribuindo para a realidade de hoje, com mais de oito mil atletas, a partir dos seis anos, a praticar desporto diariamente no futebol, futsal e futebol de praia. “Representa esforço, muita entrega e acima de tudo uma enorme devoção”, conclui.