Coimbra  5 de Dezembro de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Município de Poiares disponibiliza espécies autóctones aos proprietários florestais

11 de Novembro 2021 Jornal Campeão: Município de Poiares disponibiliza espécies autóctones aos proprietários florestais

O Município de Vila Nova de Poiares vai realizar a segunda edição da iniciativa “A Nossa Floresta”, que disponibiliza aos proprietários florestais árvores de espécies autóctones.

O objectivo, segundo aquela autarquia, é incentivar a criação de uma floresta mais resiliente e diversificada.

“É um projecto que já iniciámos em 2020 e que pretendemos reeditar porque consideramos fundamental diversificar o nosso espaço de floresta”, salientou o presidente da Câmara, João Miguel Henriques.

O autarca considerou “imperioso não ‘baixar a guarda’ no que respeita à defesa da floresta e, em especial, no combate à monocultura das espécies”.

“Sabemos bem da importância dos rendimentos da floresta para os seus proprietários, mas é fundamental deixar a cada espécie o espaço mais adequado, com a proporção mais equilibrada, sempre na perspectiva de uma maior diversidade, que resulte em factores de sustentabilidade ambiental e económica, acrescentando maior resiliência a toda a floresta”, sublinhou.

A programa “A Nossa Floresta” destina-se a todos os proprietários, usufrutuários ou arrendatários de parcelas inscritas no concelho de Vila Nova de Poiares, que podem candidatar-se junto do GTF – Gabinete Técnico florestal do Município.

As candidaturas estão abertas e serão alvo de análise pelos serviços técnicos do Município, de forma a adequar o número e as espécies seleccionadas à propriedade localizada pelo candidato.

As plantas atribuídas serão totalmente gratuitas, mas cada candidato apenas pode submeter um único pedido, sendo disponibilizadas até ao limite máximo de 300 plantas por pedido.

No âmbito desta iniciativa, os proprietários têm de respeitar a época favorável para a plantação, que não deve ultrapassar o mês de Fevereiro de 2022.