Coimbra  24 de Fevereiro de 2024 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Município de Mira não baixa os braços na luta contra o jacinto de água

14 de Dezembro 2023 Jornal Campeão: Município de Mira não baixa os braços na luta contra o jacinto de água

Consciente dos problemas que advêm da propagação desta espécie exótica invasora, o Município de Mira tem vindo a desenvolver trabalhos de limpeza e remoção de jacintos e outras espécies invasoras, nos recursos hídricos do concelho.

Prova disso, são os trabalhos de manutenção do sistema hídrico, nomeadamente a limpeza das principais valas do concelho, executados pelo Regimento de Engenharia nº 3 do Exército de Portugal, entre o final de 2022 e Setembro de 2023, numa extensão total de 16 quilómetros, desde o Cais do Areão até à Calvela.

Dada a sua rápida multiplicação, o jacinto forma densos tapetes na superfície da água, prejudicando ecossistemas aquáticos e a biodiversidade local, afectando negativamente actividades económicas, como a pesca e o turismo. Neste sentido, o Município mantém os trabalhos de limpeza, agora com o apoio de meios próprios, com maior incidência nas barragens da Videira, Casal de São Tomé e no Canal de Mira.

Segundo Artur Fresco, “Mira tem feito nos últimos tempos um investimento considerável para enfrentar esta problemática, com a aquisição de uma máquina giratória e um anfíbio que está a operar, apenas, nos recursos hídricos do nosso território. Constatamos que, o último ano, ao nível de volume de jacintos, foi um dos mais altos nos últimos tempos, sendo que todo o trabalho de manutenção e prevenção feito nas linhas de água, terá sido crucial para o combate e controlo desta espécie invasora,” sublinhou o Presidente da autarquia.

Neste sentido, Mira integra também, o projecto BioComp_3.0, liderado pela Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra (CIM/RC) e que, reúne 12 entidades públicas e privadas, para estudar métodos de valorização do jacinto-de-água após a sua retirada das linhas de água, com vista à transformação, desta espécie invasora, em fertilizante.

Este projecto, financiado pelo Plano de Recuperação e Resiliência, resulta de uma parceria da CIM-RC com o Instituto Politécnico de Bragança e a Escola Superior Agrária de Coimbra, integrando a experiência dos agentes do território com o conhecimento científico.

Para o vereador com a pasta do Ambiente, Bruno Alcaide “este projecto está devidamente alinhado com a estratégia do Município de Mira para o combate ao jacinto de água. Congratulamo-nos com a sua realização pois acreditamos no potencial e na valorização desta invasora, o que tornará mais rápido e apetecível a entrada “nesta guerra” a “players” externos, o que nos ajudará a chegar, mais rapidamente, a uma fase de controlo.”

O jacinto-de-água tornou-se uma preocupação crescente no Município de Mira, que, anualmente, enfrenta diversos impactos nos circuitos de água devido à propagação descontrolada desta espécie exótica invasora.