Coimbra  11 de Dezembro de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Município de Condeixa-a-Nova aposta na sustentabilidade

4 de Dezembro 2019

O orçamento da Câmara Municipal de Condeixa-a-Nova para 2020, de 17,8 milhões de euros, vai permitir continuar a investir na melhoria da sustentabilidade ambiental e dos índices de cobertura de saneamento em todo o concelho, confirmou, hoje (04), a autarquia.

“A sustentabilidade ambiental, com incidência transversal a todas as políticas públicas, é uma preocupação central deste Executivo e, apesar dos custos de desenvolvimento de boas práticas ambientais, continuará a merecer um esforço prioritário, nomeadamente através de medidas de eficiência energética e do alargamento da cobertura de saneamento básico a 95 por cento do concelho, graças à execução das candidaturas já aprovadas, num investimento de 2,8 milhões de euros cofinanciados em cerca de 80 por cento pelo POSEUR”, sublinha Nuno Moita, presidente da Câmara Municipal de Condeixa-a-Nova.

Neste âmbito, está, ainda, prevista a criação de um programa de apoio para incentivar as ligações domiciliárias à rede pública de saneamento em zonas críticas e para famílias carenciadas; prosseguir com o programa de redução de perdas no sistema de abastecimento público de água; e criar um centro de compostagem municipal, medida para rentabilizar a gestão de resíduos verdes, no âmbito da candidatura BIOVERDE ao Programa Operacional de Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSEUR).

Ainda na área da sustentabilidade, o Orçamento do Município para 2020 consagra a execução de um projecto de conservação e valorização da paisagem que enquadra o rio de Mouros, beneficiando da localização junto das Ruínas de Conímbriga, com a criação de percursos de visitação até à cascata existente a montante da ponte das Ruínas e para jusante até à Igreja dos Ouros.

Em complemento deste projecto, a autarquia pretende, ainda, intervir na Casa do Casmilo, para a instalação de um centro de boas-vindas, e no moinho da Serra de Janeanes, “preservando um exemplar dos moinhos de vento”.

No eixo da “Coesão Territorial” o Município tem, também, como objectivo estender a outras áreas do concelho a melhoria das acessibilidades a peões e dinamizar um programa de valorização e requalificação nas aldeias e freguesias do concelho

O Executivo de Condeixa-a-Nova não esquece a importância de promover medidas de estímulo à fixação de população nas aldeias, sendo este outro dos seus objectivos.

As áreas de “Desporto e Vida Saudável”, “Educação e Apoio à Família”, captação de investimento gerador de emprego e empreendedorismo, assim como o desenvolvimento do turismo são outros dos pontos que mereceram a atenção do Executivo na aprovação do Orçamento.

Relativamente ao IMI manter-se-á em 2020 a aplicação da taxa mínima de 0,3 por cento, bem como as reduções aplicáveis às famílias com dois e mais filhos.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com