Coimbra  9 de Dezembro de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Montemor volta a atrair ao seu “Castelo Mágico”

18 de Novembro 2019

João Vila Verde, António Oliveira, Emílio Torrão e Catarina Reis, acompanhados de algumas das “mascotes” desta festa

 

“A viagem ao sonho de Natal” do Castelo Mágico, em Montemor-o-Velho, começa a 30 de Novembro e termina a 05 de Janeiro.

A segunda edição deste parque temático natalício, onde a “magia” atrai miúdos e graúdos, espera repetir o sucesso do ano passado e atrair cerca de 70 000 visitantes ao espaço, mais do dobro da primeira edição, até porque este ano estará aberto mais dias (de 18 passou para 25, de quarta-feira a domingo)

O “Castelo Mágico” terá à disposição dos visitantes várias atracções, nomeadamente, uma pista de gelo natural, o carrossel dos encantos, um mercadinho de Natal, um espaço de slide nas muralhas, um baloiço panorâmico que permite contemplar os campos do Baixo Mondego e um museu “xmas selfie”, onde os visitantes vão poder “eternizar”, como focou o presidente da Câmara Municipal, Emílio Torrão, os “momentos felizes” que vão viver em Montemor-o-Velho.

Outra das grandes novidades é a realização de uma parada mágica do Pai Natal que vai conduzir as pessoas do centro da vila até ao Castelo, num animado percurso que começa a 01 de Dezembro, às 15h00, na praça do Município. Esta parada vai realizar-se depois todos os dias do evento, sempre às 10h00.

Já o “Xmas Neon Run & Party”, no dia 14, às 19h30, é um dos eventos que, segundo o presidente, merece maior relevo, pelo seu carácter inovador mas também pelo facto de conduzir os participantes pelo “casco histórico” da vila. Limitado a 1 000 participantes, esta subida vai estar recheada de “luz, cor e muita diversão”, aguardando-se “muitas surpresas” ao longo do percurso até chegar ao castelo.

Para Emílio Torrão, este “será o grande momento do Castelo Mágico”, aconselhando as pessoas a comprarem já o bilhete.

“Este é um projecto ambicioso que se posiciona como um evento estruturante para a vila e para o concelho”, disse, sublinhando que a equipa está a trabalhar para que esta edição do Castelo Mágico “contribua, de forma decisiva e sem precedentes, para uma valorização e crescimento do panorama económico” do Município.

O período de funcionamento do Castelo Mágico, que decorre desta vez de quarta-feira a domingo, num total de 25 dias, e a introdução de stands de “street food” também à entrada do castelo, são ainda novidades desta edição.

Espectáculos únicos, neve e muito mais asseguram uma experiência inesquecível

A pensar na comodidade e segurança dos visitantes, a autarquia lança este ano o “Comboio Mágico”, com quatro paragens e que vai transportar gratuitamente todas as pessoas até ao Castelo. Emílio Torrão deixa, inclusive, um apelo a todos para que deixem os carros no centro da vila, onde há muito estacionamento e onde podem também adquirir o bilhete, evitando assim as filas de espera. Essa é outra das novidades desta edição, fruto de uma parceria com alguns estabelecimentos comerciais que irão estar disponíveis para vender bilhetes.

No espaço, os visitantes terão a oportunidade de assistir a espectáculos únicos, neve, realizar “viagens” no planetário, saltos intermináveis nos insufláveis, passeios com animais, visitas à casa do Pai Natal, divulgação de produtos regionais e animação de rua permanente, onde não faltam as figuras históricas da vila.

O Nico, o Fernão, o Abade João, a Infanta D. Teresa, a lontra Morinha, juntamente com o Pai Natal, vão ser os anfitriões desta “Viagem ao sonho de Natal”.

Uma vez mais, o Exploratório Centro de Ciência Viva de Coimbra volta associar-se a esta festa, com o seu “Hemisfério Viajante”. De acordo com Catarina Reis, do Exploratório, este ano a tenda gigante, em formato “iglu”, vai receber seis filmes, transformando-se “também num espaço mágico e com experiências únicas para os vários públicos”.

António Oliveira e João Vila Verde, representantes da Braver, produtora do evento, recordaram o sucesso da primeira edição, que “superou todas as expectativas”, garantindo que o Castelo Mágico vai assegurar novamente “momentos de grande diversão e alegria” a todas as famílias.

Com um orçamento de cerca de 300 000 euros (o mesmo valor de 2018), o Castelo Mágico encerra apenas encerrando a 25 de Dezembro e 01 de Janeiro, sendo que durante a semana funciona das 10h00 às 18h00 e aos fins-de-semana das 10h00 às 19h30.

Os bilhetes custam entre cinco e seis euros (as crianças até aos dois anos não pagam), há entradas especiais para dois dias e bilhetes especiais para grupos, escolas, empresas e famílias.

Também a repetir-se é a parceria entre os dois municípios, que voltam a cooperar para partilhar visitantes, que terão desconto num dos eventos após visita ao outro.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com