Coimbra  19 de Julho de 2024 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Montemor-o-Velho vai reabilitar edifício Letra para espaço de promoção municipal

26 de Agosto 2023 Jornal Campeão: Montemor-o-Velho vai reabilitar edifício Letra para espaço de promoção municipal

Junto ao recém-inaugurado Parque Ribeirinho de Montemor-o-Velho, o “Edifício Letra” prepara-se ganhar uma nova vida. No dia 25 de Agosto, realizou-se a cerimónia da assinatura do auto de consignação da empreitada “Reabilitação urbana em ARU – reabilitação do Edifício Letra – PARU 2”, no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

No momento, o presidente da Câmara Municipal de Montemor-o-Velho, Emílio Torrão, na companhia dos vereadores Diana Andrade, José Veríssimo e Décio Matias e de dirigentes municipais, realçou: “Esta obra é das mais importantes deste mandato e tem um significado especial para mim”.

Confiante no sucesso da reabilitação e reconversão do edifício que já foi uma oficina de pneus e, mais recentemente, usado como apoio ao Centro Equestre de Montemor-o-Velho, o edil montemorense frisou: “Montemor-o-Velho vai, finalmente, ter um espaço moderno, com capacidade de se adaptar às diversas actividades e acolher programas culturais, desportivos ou momentos mais institucionais”.

“Este local é vital para a regeneração urbana que está em curso em Montemor-o-Velho. Este edifício, quando estiver reabilitado, vai fazer parte da história do concelho”, reiterou Emílio Torrão.

A obra, que representa um investimento municipal de cerca de 714 mil euros, tem um prazo de execução de 310 dias e vai estar a cargo da Cadimarte S.A.

Recorda-se que esta intervenção está integrada numa estratégia mais vasta de Regeneração Urbana de Montemor-o-Velho, cujo objectivo geral consiste em “afirmar a Vila de Montemor-o-Velho como um espaço inclusivo, sustentável e inovador através de iniciativas que estimulem a atracção de pessoas e actividades económicas para o centro histórico e reforcem o papel da vila como centro nevrálgico multifuncional em harmonia com o seu ecossistema natural de suporte”.

A reabilitação do antigo edifício da GNR, a requalificação do espaço envolvente ao Convento dos Anjos e da Envolvente Sul do Castelo/Capela de Santo António, a rede polinucleada de dinamização do Centro Histórico ou o novo Parque Ribeirinho são algumas das intervenções que estão a transformar a sede de concelho e a criar um território cada vez mais atractivo e gerador de novas dinâmicas territoriais.