Coimbra  15 de Junho de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Montemor-o-Velho prepara espaço de acolhimento de iniciativas produtivas

6 de Janeiro 2021 Jornal Campeão: Montemor-o-Velho prepara espaço de acolhimento de iniciativas produtivas

Um espaço para poder acolher iniciativas produtivas e coworking (trabalho colaborativo) está a nascer no centro histórico de Montemor-o-Velho. O antigo edifício da GNR está a sofrer uma profunda alteração e prepara-se para ser também mais um reforço para a regeneração urbana do concelho.

A intervenção, promovida pela Câmara Municipal, está integrada numa estratégia mais alargada que tem como objectivos afirmar, cada vez mais, Montemor-o-Velho como uma vila inclusiva, sustentável e inovadora, com capacidade para atrair pessoas e actividades económicas para o centro histórico.

“Numa altura em que a pandemia veio provocar alterações também na forma de trabalhar, pretende-se que o espaço possa vir a ser um estímulo para a criatividade dos jovens empreendedores, oferecendo um local de trabalho dinâmico que acolha e promova, por exemplo, o desenvolvimento de novas competências ou a criação de novas empresas no concelho, criando impacto na economia local”, disse a autarquia.

Assim, o edifício, que já acolheu a Biblioteca, o antigo Posto da GNR e que serviu também de apoio ao CITEC – Centro de Iniciação Teatral Esther de Carvalho, vai manter a sua estrutura exterior devido ao seu interesse arquitectónico, sofrendo uma reabilitação global, nomeadamente com a demolição e a criação de uma nova estrutura interior.

A par da preparação dos três pisos com salas de trabalho em espaço aberto (open space) e instalações sanitárias, o equipamento vai contar, igualmente, com três salas de reuniões, uma recepção, assim como um bar com copa e sala polivalente com possibilidade de ser convertida num espaço para receber exposições artísticas ou apresentações de produto (showroom).

Com um investimento superior a meio milhão de euros e que conta também com o apoio de fundos europeus, no âmbito do Programa Operacional do Centro – no eixo prioritário “Afirmar a sustentabilidade dos territórios (CONSERVAR), a intervenção realiza-se ao abrigo do Plano de Acção para a Regeneração Urbana (PARU) de Montemor-o-Velho, enquadrado na Área de Reabilitação Urbana (ARU) de Montemor-o-Velho.