Coimbra  13 de Julho de 2024 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Montemor-o-Velho investe 240 mil euros na construção de uma ciclovia

4 de Agosto 2023 Jornal Campeão: Montemor-o-Velho investe 240 mil euros na construção de uma ciclovia

A Câmara Municipal de Montemor-o-Velho vai investir mais de 240 mil euros na construção de uma nova ciclovia, com uma extensão de um quilómetro, que vai ligar o Largo dos Anjos à Ciclovia do Mondego.

A obra, com um prazo de 150 dias, foi consignada à empresa SoluçãoVida – Engenharia e Sustentabilidade, Lda e conta com co-financiamento do Centro 2020.

“É um investimento em prol da sustentabilidade do território, da mobilidade urbana multimodal e de uma melhor vivência do espaço público”, disse o presidente da Câmara Municipal de Montemor-o-Velho, Emílio Torrão.

O traçado da nova ciclovia vai ser paralelo à via automóvel existente e terá um quilómetro de extensão.

A ciclovia vai desenvolver-se entre o “Largo dos Anjos, ponto central e de referência na vila de Montemor-o-Velho, e o Casal Novo do Rio, onde já existe o nó de ligação à ciclovia do Mondego e ao Centro Náutico de Montemor-o-Velho”, no distrito de Coimbra.

O autarca lembrou que o município, em pleno Baixo Mondego, “tem vindo a promover uma política de mobilidade suave, de que são exemplos os troços da Ciclovia do Mondego, no Centro Náutico, a Ciclovia do Parque Ribeirinho e agora esta nova ligação ciclável”.

De acordo com a autarquia, esta empreitada vai “potenciar a conexão com equipamentos como o campus escolar, as piscinas municipais, o centro urbano de Montemor-o-Velho e os diversos serviços localizados na vila. Também a ligação entre o centro urbano de Montemor-o-Velho, o Centro Náutico e o Parque Ribeirinho sairá reforçada com esta nova ciclovia, garantindo condições de segurança para ciclistas”.

Além da construção de bases de pavimento e pavimentação da ciclovia vão ser executados movimentos de terra necessários à construção da plataforma.

A obra prevê também a construção de um passadiço, a colocação de sinalização vertical e horizontal e a criação de uma biovaleta para drenagem das águas pluviais.