Coimbra  1 de Outubro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Montemor-o-Velho: Festival Forte promete encher o castelo

30 de Agosto 2018 Jornal Campeão: Montemor-o-Velho: Festival Forte promete encher o castelo

O evento que mais visitantes estrangeiros atrai ao concelho de Montemor-o-Velho – o Festival Forte – está de regresso, a partir de hoje e até ao próximo domingo (02).

O castelo é o local privilegiado para a realização do Festival, onde irão actuar nomes sonantes da música electrónica mundial, como Adam X; Pantha du Prince e Alva Noto; Enko; Marum; Planetary Assault Systems (com espectáculo exclusivo de Luke Slater); Robert Lippok e ShlØmo; além do produtor britânico Surgeon e os franceses The Hacker e Unwelt. Anastasia Kristensen (Dinamarca), Blush Response (EUA), I Hate Models (França), Mumdance (Inglaterra), Neel (Itália), Stanislav Tolkachev (Ucrânia) e Sverca (Espanha) são considerados como o futuro deste género de música e vão, também, marcar presença em Montemor-o-Velho.

Esta 5.ª edição promete ser “a melhor de sempre”, tendo como referência os 5 000 visitantes do ano passado, dos quais perto de 75 por cento são estrangeiros e perspectivando, por isso, lotação esgotada.

“O festival deste ano acaba por ser o resultado e o cimentar da construção dos primeiros quatro anos. Em termos de cartaz, é a edição que tem o mais robusto e mais coerente, com propostas que fazem uma ligação entre o passado, presente e futuro [da música eletrónica]”, afirmou à Lusa Ilídio Chaves, director geral da Soniculture, promotora do Forte.

Para o responsável, o festival não cede a “fórmulas fáceis”, considerando que “está na altura de [o mundo da música eletrónica] mudar e andar para a frente com novas ideias. Estamos à procura delas e estamos a mostrá-las”.

A envolvência de toda a vila de Montemor, com o campismo e propostas inovadoras a decorrer em vários espaços, como a Casa de Chá, o Teatro Esther de Carvalho, a capela e o jardim generativo são alguns dos atractivos deste evento.

No castelo, as actuações arrancam às 22h00 e terminam às 09h00, sendo que, a partir das 22h00 de sábado (01), haverá 23 horas contínuas de música, acabando o festival às 21h00 de domingo (02).

A partir de hoje, o bilhete geral custa 130 euros (com campismo incluído) e o diário 70 euros.