Coimbra  22 de Setembro de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Montemor-o-Velho aprova orçamento de 25,5 milhões de euros

31 de Outubro 2018

A Câmara Municipal de Montemor-o-Velho aprovou, por maioria, as Grandes Opções do Plano e Orçamento para 2019, no valor de 25,5 milhões de euros, centradas “no desenvolvimento sustentável” deste concelho.

Os documentos receberam votos contra da coligação “Por Montemor Tudo e Sempre” (PSD e CDS), que acusaram de “eleitoralismo” o executivo municipal liderado por Emílio Torrão (PS).

“A gestão eleitoralista continua a ser a forma de actuar do executivo”, denunciou a oposição durante a leitura da declaração de voto, acusação rejeitada pelo líder do executivo.

“Este é um orçamento mais realista, feito com rigor e precisão, ainda que tenha presente alguns fantasmas do passado, mas que são situações que não nos impedem de continuar, com confiança, a sonhar e a centrar a nossa actuação nas pessoas e no desenvolvimento do concelho”, disse Emílio Torrão.

O edil garantiu que “a actuação no anterior e no actual mandato tem sido feita com total transparência, com vista ao desenvolvimento sustentável e abrindo espaço para inovação e para a promoção do concelho”.

A bancada do PS secundou as posições de Emílio Torrão. O socialista Décio Matias questionou mesmo os serviços da Câmara sobre o rácio de execução dos orçamentos nos últimos anos. De 2011 para 2016, a taxa de execução subiu de 56 por cento para 86,3 por cento. A expectativa do orçamento de 2019 é de que atinja uma taxa de execução de 85 por cento.

A reunião em que foi aprovado o Orçamento e Grandes Opções do Plano foi a primeira realizada após a tempestade Leslie, que varreu o concelho, deixando prejuízos superiores a 21 milhões de euros, segundo uma primeira estimativa, que deverá ser corrigida para cima.

Emílio Torrão traçou uma cronologia dos acontecimentos e das “medidas tomadas que influenciaram e motivaram também uma resposta célere do Governo” e deixou palavras de elogio a todas instituições e entidades envolvidas na recuperação do concelho.

O edil montemorense destacou o Serviço Municipal de Protecção Civil de Montemor-o-Velho por “continuar a prestar um serviço de vanguarda”, acrescentando que o concelho deu “uma grande lição de humildade e capacidade de intervenção”.

 

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com