Coimbra  16 de Outubro de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Montemor enviou para Moçambique nove toneladas de produtos

18 de Abril 2019

O Município de Montemor-o-Velho acaba de anunciar o envio para Moçambique de mais de nove toneladas de bens de primeira necessidade destinados à população afectada pelo ciclone Idai.
Segundo a Câmara liderada por Emílio Torrão, trata-se de “nove toneladas de esperança”, cujo destinatário é Conselho das Religiões em Moçambique (entidade que irá distribuir os bens recolhidos naquele concelho do Baixo Mondego).
Uma campanha de solidariedade, lançada pela autarquia entre 23 de Março e 05 de Abril, permitiu recolher bens como água, leite, massa, farinha, cereais, arroz, produtos enlatados e de higiene pessoal, fraldas e outros produtos de higiene para bebés, a par de meios de purificação de água e limpeza, roupa, calçado, cobertores, lençóis, medicamentos e materiais de construção.
“Depois de uma rigorosa inventariação e de cuidada triagem de todos os bens – entregues pela população do concelho no quartel dos Bombeiros Voluntários de Montemor-o-Velho, no Serviço Municipal de Proteção Civil, nas juntas das freguesias e em estabelecimentos aderentes –, eles foram acondicionados e já se encontram a caminho da Beira (cidade africana).
O envio dos produtos, segundo uma nota do Município montemorense, foi possível graças ao apoio das empresas TransTDF – Grupo Tavares e Olicargo, que os transportaram, por estrada, até ao porto de Leixões; daí, seguem, de comboio, até ao porto de Sines, para rumarem a Moçambique.
“A generosidade, o empenho e o espírito de entreajuda dos montemorenses, das várias dezenas de voluntários que se entregaram a esta causa e das diversas entidades que se associaram a esta campanha de solidariedade foram, uma vez mais, decisivos para o sucesso da iniciativa ‘Montemor por Moçambique'”, assinalou Emílio Torrão.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com