Coimbra  18 de Outubro de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Misericórdia da Figueira celebrou o Santo António durante o fim-de-semana

14 de Junho 2021 Jornal Campeão: Misericórdia da Figueira celebrou o Santo António durante o fim-de-semana

A Misericórdia Obra da Figueira festejou, no passado fim-de-semana (12 e 13), o Santo António, padroeiro da Instituição, tendo realizado a missa e a tradicional distribuição de cravos e pão.

Os festejos começaram no sábado (13), com a presença de Quim Barreiros, que a anima há mais de 20 anos o arraial de Santo António. Este ano, devido à pandemia da covid-19, o arraial não se realizou, tendo o cantor passado pela Misericórdia Obra da Figueira e almoçado com toda a comunidade residente na Instituição.

“Se venho cá há mais de 20 anos, era o mínimo que poderia fazer neste dia: visitar uma Casa que me acolhe sempre com carinho e simpatia” disse Quim Barreiros.

Na tarde do passado domingo, Dia de Santo António, o pároco da Instituição, Carlos Noronha Lopes, acompanhado pelo Grupo Coral da Paróquia de Buarcos, celebrou a missa de evocação do padroeiro da Instituição, tradição que já remonta a 1776, altura em que, segundo registos, a autarquia já fazia as celebrações na Capela de Santo António, com arraial e a distribuição de pão e cravos.

Depois da fundação da Misericórdia da Figueira da Foz, em Dezembro de 1839, a Instituição assumiu esse compromisso e continua a manter a tradição.

Com todos os lugares da igreja preenchidos e com o devido distanciamento, o sacerdote lembrou, nas palavras do Evangelho, a figura ternurenta de Santo António e o que “este lugar significa para a Figueira da Foz, quando se venera Santo António”.

Na parte final da celebração, realizou-se a bênção dos mil pães e outros tantos cravos que foram depois distribuídos a todas as pessoas que tinham requisitado senhas para o efeito.