Coimbra  24 de Novembro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Miranda do Corvo queixa-se à Anacom da qualidade do serviço de Internet

21 de Abril 2020 Jornal Campeão: Miranda do Corvo queixa-se à Anacom da qualidade do serviço de Internet

O Município de Miranda do Corvo queixou-se à Anacom (Autoridade Nacional de Comunicações) da fraca qualidade da cobertura da Internet, sobretudo nas aldeias das freguesias fora do núcleo urbano.

Nas redes sociais, a autarquia informou que o presidente da Câmara enviou, ontem (20), um ofício à Anacom a solicitar a verificação da qualidade do serviço de Internet no concelho, sobretudo nas freguesias de Vila Nova, Lamas, Semide/Rio de Vide e nas aldeias mais afastadas da sede do Município.

“Na grande maioria destas aldeias, não é sequer possível ter mais do que um computador ligado à Internet em simultâneo”, refere o autarca Miguel Baptista, referindo que “as deficiências de cobertura da Internet têm vindo a agravar-se”, ao ponto de colocar em risco o acesso à escola por meios digitais ou de tele-trabalho.

O presidente da Câmara recorda que existem muitos locais ainda não servidos por fibra óptica, estando o serviço apenas disponível por ADSL e “com qualidade deficiente”. As insuficiências aplicam-se, também, na cobertura de rede móvel que, segundo Miguel Baptista, “se mostra inadequada para responder às necessidades”.

“A cobertura de 4G é muito reduzida, em 3G é insuficiente, havendo mesmo aldeias sem cobertura de rede móvel”, refere o autarca, salientando que a Câmara Municipal contratou junto de uma operadora a disponibilização de ‘hotspots’ de ligação à Internet para os estudantes que não dispunham de ligação em casa.

Miguel Baptista realça, ainda, que o Município e as juntas de Freguesia estão disponíveis para colaborar com a Anacom e as operadoras, “de forma que todos os alunos do concelho possam ter acesso a um serviço que lhes permita acompanhar devidamente as aulas ou os trabalhadores possam estar em tele-trabalho”.