Coimbra  15 de Julho de 2024 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Miranda do Corvo investe meio milhão de euros na requalificação de espaço público

28 de Fevereiro 2024 Jornal Campeão: Miranda do Corvo investe meio milhão de euros na requalificação de espaço público

As obras de reformulação do espaço público na Rua Belisário Pimenta, no centro de Miranda do Corvo, vão custar cerca de meio milhão de euros, anunciou a Câmara Municipal.

Com um prazo de execução de 180 dias, a empreitada arrancou esta semana e tem um financiamento de 305.887 euros do Programa de Recuperação e Resiliência (PRR), ascendendo o investimento total a 453.749 euros.

“A empreitada reveste-se de grande interesse e (…) visa a requalificação do espaço público de forma amiga de todos os que circulam nesta via”, paralela ao rio Alheda, “muito movimentada do ponto de vista pedonal”, informou a autarquia.

Trata-se da requalificação do espaço público de uma das principais artérias da vila, que “permite o acesso aos vários serviços públicos que se situam nas imediações”, como a Câmara Municipal, a Junta de Freguesia de Miranda do Corvo, o Julgado de Paz, o Cartório Notarial e a Conservatória do Registo Civil e Predial, além da sede do Mirante, o único jornal local.

“Esta empreitada promove a melhoria de acessibilidades e utilização do espaço público, nomeadamente a pessoas com mobilidade condicionada, segundo a nota da Câmara, presidida por Miguel Baptista.

A intervenção consiste na “reformulação de passeios e vias de circulação automóvel, aumentando largura de passeios onde possível e diminuindo faixas de rodagem, privilegiando a deslocação pedonal em detrimento” das viaturas motorizadas.

Com esta empreitada “serão renovadas e tornadas acessíveis” as pontes pedonais sobre o rio, junto ao edifício dos Paços do Concelho e ao jardim municipal adjacente.

A Rua Belisário Pimenta, na margem esquerda do Alheda, perpetua a memória do historiador e militar republicano Belisário Maria Bustorf da Silva Pinto Pimenta (1879-1969), com raízes familiares em Miranda do Corvo, concelho a que dedicou alguns dos seus trabalhos.