Coimbra  6 de Julho de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Mira fechou contas de 2019 com resultado líquido positivo de 2,5 milhões de euros

22 de Junho 2020 Jornal Campeão: Mira fechou contas de 2019 com resultado líquido positivo de 2,5 milhões de euros

A Câmara Municipal de Mira fechou o ano de 2019 com menos 592 000 euros de dívida total e um balanço líquido positivo superior a 2,5 milhões de euros, resultados que o presidente da autarquia classificou hoje como históricos.

“O ‘Relatório de Gestão e a Prestação de Contas’ relativas a 2019 apresentam resultados históricos, nomeadamente a diminuição da dívida e taxas de execução da receita de 92,4 por cento e da despesa de 87,4 por cento, as mais elevadas de sempre”, disse à agência Lusa Raul Almeida.

Os documentos, que foram aprovados por maioria pela Assembleia Municipal de Mira, no final da semana passada, revelam ainda que a margem de endividamento deste Município é agora superior a 10 milhões de euros.

Segundo os documentos, Mira fechou 2019 sem pagamentos em atraso, tendo diminuído em 37 dias o prazo médio de pagamento.

“Destaca-se também os quase três milhões de euros de investimentos executados durante o ano, o dobro do verificado no ano anterior, e que se enquadram num ‘Plano Plurianual de Investimentos’ co-financiados no âmbito do Portugal 2020 que ascende a mais de 10 milhões”, refere o autarca.

Raul Almeida garante que irão ainda ser executados três milhões de euros de investimentos nas áreas do abastecimento de água e tratamento de águas residuais.

Essas obras serão promovidas pela empresa multi-municipal recentemente criada pelos municípios de Mira, Soure e Montemor-o-Velho (ABMG).

Em Julho de 2018, Mira uniu-se a Montemor e Soure na criação de uma empresa de abastecimento de água e tratamento de águas residuais, que serve mais de 50 000 pessoas.