Coimbra  15 de Setembro de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Militares reforçam patrulhas em todo o país para evitar incêndios

21 de Agosto 2019

Setenta e oito militares, distribuídos em 26 patrulhas das Forças Armadas (16 do Exército e 10 da Marinha), vão reforçar, a partir de hoje, e por um período indeterminado, as acções de vigilância terrestre e patrulhamento dissuasor de incêndios.

As operações vão decorrer em 14 distritos do país, em apoio à Autoridade Nacional de Emergência e Protecção Civil (ANEPC).

“Este reforço surge no seguimento do pedido de apoio da ANEPC ao Estado-Maior-General das Forças Armadas, face à previsão de subida das temperaturas para os próximos dias, com o objectivo de incrementar as acções de prevenção um pouco por todo o país, com especial incidência nos distritos de Beja, Braga, Coimbra, Évora, Faro, Castelo Branco, Guarda, Viseu, Lisboa, Portalegre, Santarém, Setúbal, Vila Real e Leiria”, explicam as Forças Armadas.

Os militares vão desempenhar funções de vigilância terrestre mas, em caso de necessidade, poderão ser empenhados em acções de pós-rescaldo ou de apoio geral às operações de protecção e socorro que possam vir a ser desencadeadas.

O Estado-Maior-General das Forças Armadas, através dos seus oficiais de ligação aos Comandos Distritais de Operações de Socorro, mantêm o acompanhamento em permanência do evoluir da situação operacional.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com