Coimbra  15 de Outubro de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Meruge: Cortejo reata tradições do Entrudo beirão

9 de Fevereiro 2018

Um cortejo, com música e folia, vai percorrer, sábado (10), as ruas de Meruge, Oliveira do Hospital , numa celebração que visa reatar as tradições do Entrudo beirão.

“Organizar as características cegadas era uma prática comum a todas as aldeias da Beira-Serra antes dos abrasileiramentos das nossas tradições” de Entrudo, realça, em comunicado citado pela Agência Lusa, a organização daquele corso carnavalesco.

Promovido pela Associação para o Desenvolvimento Social e Cultural do Vale do Cobral (ADSCVC), com apoio da Junta de Freguesia e de outras colectividades de Meruge, o programa da Cegada do Entrudo começa com um “Desfile trapalhão”.

“Esta manifestação burlesca gira à volta de ditos e cantigas em que impera a crítica social e de costumes, a que a cacofonia dos improvisados instrumentos de percussão e o impostor choro das carpideiras viúvas emprestam o ambiente de desmando colectivo e de ruptura”, referem os organizadores.

O improviso de “rudes máscaras de papelão”, a transfiguração “com roupas velhas usadas pelo sexo oposto” ou a colocação de meias de vidro na cabeça são “disfarces ao alcance de todos os estratos sociais”, capazes de tornar a cegada uma “manifestação democrática”.

Quase quatro meses volvidos sobre os incêndios que assolaram a região Centro, tendo Oliveira do Hospital sido um dos concelhos mais afectados, a organização do sobredito corso carnavalesco apela à participação das pessoas no desfile, “com trajes a condizer” com a festividade.

“Levar o funil para berrar umas quadras de sátira social, enriquecer o baile de máscaras, arrematar um bolo ou uma garrafa, convidar ou ser convidado, na ‘moda da flor’, são atractivos que contribuem para manter viva esta secular tradição e ajudar a causa social” da ADSCVC.

A iniciativa culmina com a Queima do Entrudo, às 21h00, no Terreiro do Santo, após “o féretro percorrer as ruas da freguesia, entre apupos, piropos e aplausos”.

 

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com