Coimbra  15 de Julho de 2024 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Mergulhadores avaliam condições de resgate do barco naufragado

5 de Julho 2024 Jornal Campeão: Mergulhadores avaliam condições de resgate do barco naufragado

As buscas para encontrar os três desaparecidos da embarcação que adornou na quarta-feira ao largo da Marinha Grande foram hoje expandidas e estão a ser avaliadas as condições de resgate do barco, informou o capitão do porto da Nazaré.

“As buscas foram expandidas em termos de mar e de terra, em virtude de não se ter encontrado ninguém dentro da embarcação, mas haver ainda dois espaços por explorar”, disse à agência Lusa o capitão do Porto da Nazaré, João Severino Lourenço.

Relativamente ao resgate da embarcação, que se encontra adornada ao largo da Praia do Samouco, no concelho da Marinha Grande, uma empresa privada contratada pelo armador “está a proceder à reflutuação da embarcação”, numa operação que, dado “haver ainda três pescadores desaparecidos, está a ser acompanhada por um elemento do grupo mergulho forense da polícia marítima”, explicou o capitão do porto.

Num ponto de situação efectuado ao final da manhã, João Severino Lourenço adiantou ainda que “está a ser retirada a rede” e que a operação de rotação e reflutuação da embarcação “irá depender das condições” do mar, pelo que “tanto poderá acontecer hoje, como daqui a alguns dias”.

Nas operações de busca, coordenadas pelo capitão do porto e comandante-local da Polícia Marítima da Nazaré, hoje estão empenhados um navio patrulha oceânico da Marinha Portuguesa, duas viaturas Amarok do projeto Seawatch, a equipa de vigilância aérea e o piquete da Polícia Marítima.

As operações contam ainda com o apoio da protecção civil da Marinha Grande e da Nazaré, bem como dos bombeiros deste último concelho, que prestam apoio aos mergulhadores.

De acordo com a Autoridade Marítima Nacional, o gabinete de psicologia da Polícia Marítima continua a prestar apoio aos familiares das vítimas.

O alerta para o adornamento da embarcação de pesca “Virgem Dolorosa” foi dado às 4h33 de quarta-feira para o comando local da Polícia Marítima da Nazaré.

Três tripulantes morreram, 11 foram resgatados e há três desaparecidos, naturais da Praia da Leirosa, na Figueira da Foz.