Coimbra  29 de Janeiro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Mercado de Natal inaugura amanhã e promete “honrar a cidade”

5 de Dezembro 2019

Francisco Andrade, presidente da Junta dos Olivais, com João Francisco Campos, autarca da União de Freguesias de Coimbra

 

A animação, o espírito natalício e a oferta diversificada são os ingredientes que, acreditam os presidentes da União de Freguesias de Coimbra e da Junta de Freguesia de Santo António dos Olivais, vão fazer da segunda edição do “Mercado de Natal” um verdadeiro sucesso.

Os 92 expositores serão acompanhados, maioritariamente ao fim-de-semana, por uma forte componente de animação cultural, que vagueará todo o espaço animando os que vendem e os que visitam, já a partir de amanhã (06), pelas 17h30, altura em que será inaugurado o “Mercado”.

A praça de Heróis do Ultramar, este ano em toda a sua extensão, está reservada pelas casas de madeira e tendas para os expositores, onde não faltará gastronomia, artesanato, produtos típicos, brinquedos e toda uma panóplia de artigos que atraem crianças e adultos.

“No Mercado podem encontrar tudo aquilo que se costuma oferecer nesta época natalícia”, afirmou Francisco Andrade, presidente da Junta de Freguesia dos Olivais, adiantando que: “procuramos cumprir a nossa palavra ao promover um evento de tão grande responsabilidade e que muito nos honra”.

As ilações do ano passado permitiram melhorar algumas coisas na edição deste ano, nomeadamente, em termos de horário, com o “Mercado” a abrir mais cedo e a encerrar também mais cedo.

A animação infantil não ficou esquecida, com música, carrosséis e um Pai Natal em permanência no espaço. Já a programação cultural foi pensada, este ano, para preencher, essencialmente, os fins-de-semana e a preocupação da organização foi “não ser estática”.

“Os grupos que vêm actuar estarão em constante movimento, a passear por todo o ‘Mercado’, no sentido de animar os visitantes e os expositores”, disse Francisco Andrade, confessando a expectativa de que venham muito mais pessoas do que no ano passado.

Do programa destacam-se as actuações vários grupos folclóricos e etnográficos, coros, artistas e bandas do concelho, especialistas em música, dança ou magia.

O “Mercado de Natal” conta, este ano, com uma componente social, na qual dá destaque a duas instituições da cidade: a dos Bombeiros Voluntários de Coimbra, que marcarão presença com um carro e a organização oferecerá alguns materiais para venda, no sentido de a corporação angariar alguns fundos; e também a Cáritas Diocesana de Coimbra, que estará presente com uma árvore de Natal feita de crochet pelos seus utentes, bem como com produtos para vender.

“A segunda edição do ‘Mercado’ será ainda mais virada para as famílias, até porque este ano privilegiamos a interacção com os visitantes por parte dos grupos convidados”, revelou João Francisco Campos, presidente da UF de Coimbra.

Os dois autarcas garantem, inclusive, ter expositores de fora do concelho, do distrito e até da região que se candidataram a estarem presentes, algo que é “gratificante”.

O presidente da UF de Coimbra salientou, ainda, que no ano passado, logo no primeiro fim-de-semana, “os expositores já estavam a lucrar, por isso acreditamos que esta seja ainda melhor, com muitas pessoas a virem do concelho e de fora, prevendo uma afluência maior”.

As entradas são gratuitas e o Mercado está aberto até 22 de Dezembro, durante a semana, das 12h00 às 20h00, e ao fim-de-semana, até às 22h00.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com