Coimbra  27 de Setembro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Mel do Espinhal e Bienal do Humor animam Penela nos próximos dias

3 de Setembro 2020 Jornal Campeão: Mel do Espinhal e Bienal do Humor animam Penela nos próximos dias

Uma tradição de três décadas que vai voltar a cumprir-se neste próximo fim-de-semana, e já a partir de amanhã (04), na vila do Espinhal, em Penela. O produto endógeno mais popular daquela freguesia volta a ser o anfitrião nesta que será a 31.ª edição da Feira do Mel e à qual se junta a VII Bienal do Humor “Luís d´Oliveira Guimarães”.

Mesmo com a pandemia de covid-19, e cumprindo todas as medidas de segurança e higiene, o certame quer voltar a colocar o mel em destaque e atrair os visitantes habituais, e não só, até ao Espinhal.

A organização – que inclui a Junta de Freguesia do Espinhal, a Câmara Municipal de Penela e a Associação de Apicultores Serramel, “desenvolveu um programa ajustado aos novos tempos, com o cumprimento de um conjunto de normas e procedimentos no sentido de garantir as necessárias condições de protecção, mas sempre com o firme propósito de valorizar o delicioso néctar e os produtos endógenos”, refere a autarquia.

O centro da vila vai voltar a encher-se de produtores de mel, mas também de outros produtos identitários desta região, como sejam o queijo, o azeite e, claro, também os vinhos de “Sicó”.

Embora a “estrela” seja o mel, a quantidade deste produto que estará disponível é bastante menor do que em anos anteriores, devido, essencialmente, à praga da vespa asiática e também às condições atmosféricas desfavoráveis.

Também a quantidade de apicultores (vão ser oito) e produtores presentes será menor e não haverá bancas de artesanato ou tasquinhas, reduzindo assim o recinto do certame e cumprindo as exigências das autoridades de saúde.

“Vamos ter pessoal no terreno e a feira terá apenas uma entrada e uma saída, logo, só haverá um circuito de circulação, estando ainda preparada uma sala para isolamento”, explicou ao “Campeão” o presidente da Junta, Luís Dias, adiantando que “a intenção é evitar o mais possível os aglomerados de pessoas”.

Ainda que tenham de ser controladas as entradas no certame, que são gratuitas, as expectativas são boas para mais esta edição. “É contraditório porque queríamos muita gente mas também sabemos que não podemos ter os visitantes que desejávamos”, notou o autarca, esperançado que “no próximo ano seja melhor, quer em termos de condições para realização da feira, quer em termos de produção de mel e presença de apicultores”.

O certame destaca-se “pela valorização de uma actividade que, apesar de complementar na economia doméstica, não deixa de ter relevância em muitos agregados familiares da região e, mais importante ainda, na dinamização da cultura e da gastronomia do nosso concelho”, nota o Município de Penela.

Assim, com todas as medidas de segurança implementadas, realiza-se no domingo (06), a 31.ª edição da Feira do Mel, contudo, a programação tem início já amanhã (04), pelas 21h00, com a entrega dos prémios de mérito escolar Prof. Alice Gonçalves, com um rígido plano de segurança, nomeadamente, a limitação de lugares disponíveis e um vasto grupo de voluntários que irão assegurar o cumprimento das regras previstas no ‘Plano de Contingência’.

Já no final da tarde de sábado haverá animação, com um Ensemble da Academia de Música da Filarmónica do Espinhal, no Jardim das Gerações, e pelas 21h30, no largo da Feira, realiza-se o espectáculo com o quarteto “Tomar-lhe o Gosto”, que tem entrada gratuita mas é de reserva obrigatória e terá transmissão em directo na página de Facebook da Junta de Freguesia.

No domingo decorrerá, então, a Feira do Mel, a partir das 08h00, e com uma arruada de gaiteiros e animação pela Filarmónica do Espinhal. Às 11h00 serão recebidas as entidades oficiais em visita ao certame e durante a tarde a animação será uma constante pelo centro da vila.

Muito humor e arte na Bienal “Luís d´Oliveira Guimarães”

Segue-se, no sábado (05), às 15h00, a inauguração da VII Bienal do Humor “Luís d´Oliveira Guimarães”, a partir dos Paços do Concelho, e com transmissão ao vivo para as redes sociais. A Bienal decorrerá até 29 de Setembro mas, durante o dia de sábado (05), serão inauguradas uma série de exposições: a primeira é a do concurso de caricaturas “António Arnaut”, no edifício dos Paços do Concelho; depois a mostra “Rir com a Saúde”, na Junta de Freguesia do Espinhal; e também, na Casa Família Oliveira Guimarães estarão patentes as exposições “Premiados da VIIBHLOG”, “Artista homenageado Miguel Salazar”, “1.º Concurso de Humor Escolar LOG”.

A VII Bienal de Humor, composta por uma selecção dos melhores trabalhos dos 480 artistas e cartoonistas participantes, provenientes de 74 países, poderá ser visitada, gratuitamente, em 5 locais de Penela (Câmara Municipal de Penela, Junta de Freguesia do Espinhal, Casa Museu Oliveira Guimarães, Associação Cultural de Podentes e no Museu da Villa romana do Rabaçal).

O visitante que percorrer o circuito da exposição, com o ‘Passaporte do Humor’ e, pedir um carimbo em cada um dos locais, terá direito a um voucher de 15 euros, a descontar em compras realizadas nos parceiros locais do concelho de Penela.

O ‘Passaporte do Humor’ pode ser adquirido na Casa Família Oliveira Guimarães e depois de preenchido, trocado pelo vale, no mesmo espaço.