Coimbra  21 de Novembro de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Médicos salientam qualidade de serviços hospitalares nos 40 anos do SNS

11 de Setembro 2019

O presidente da Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos salientou, hoje, o “excelente exemplo” de serviços hospitalares que estão acreditados em termos técnicos e organizacionais, após ter visitado três das cinco dessas unidades, em Coimbra.

Para Carlos Cortes, estes casos “redobram a esperança em acreditar que o Serviço Nacional de Saude (SNS), criado há 40 anos, foi a melhor opção para este país”, sustentando que a certificação ACSA 1 da Direcção-Geral da Saúde “é boa”, representando “o esforço de médicos e outros profissionais no que reverte em termos de qualidade para os doentes”.

O líder da SRCOM visitou, nos Hospitais da Universidade de Coimbra, os Serviços de Neurologia e de Nefrologia e, no Hospital Pediátrico, o Centro de Desenvolvimento da Criança Luís Borges, que tem a mesma idade do SNS, foi o primeiro do país e ainda é considerado o melhor. Atende anualmente 10 000 crianças, de Norte a Sul de Portugal com as especialidades de neuropediatria, neurodesenvolvimento, doenças hereditárias e metabolismo.

“O SNS tem muitas dificuldades, a Ordem dos Médicos tem dedicado a sua acção a focar esses aspectos, mas na perspectiva de estímulo e de mostrar que algumas coisas não estão bem e podem e devem ser melhoradas, para manter o SNS com uma qualidade que se exige para os doentes”, referiu Carlos Cortes.

Para assinalar os 40 anos do Serviço Nacional de Saúde, a Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos está a promover, esta semana, um vasto programa que inclui exposições e debates bem como as visitas a serviços hospitalares e de cuidados de saúde primários na região.

Amanhã (quinta-feira), pelas 18h30, no Café de Santa Cruz, realiza-se a tertúlia Noite Saudável sob o tema “Pensar a Prevenção”, com Teresa Bombas (ginecologista obstetra e membro da Direcção da Sociedade Portuguesa da Contracepção), Teresa Sousa Fernandes (ginecologista obstetra e fundadora da Sociedade Portuguesa de Contracepção), Rocha Almeida (psiquiatra e coordenador da Divisão de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências – ARS Centro), João Pedro Pimentel (médico de Saúde Pública, do Departamento Saúde Pública da ARS Centro), com a moderação de João Redondo (psiquiatra do CHUC e do projecto Noite Saudável das Cidades do Centro de Portugal).

Sexta-feira realiza-se, no Pavilhão Centro Portugal, pelas 21h00, o sarau comemorativo “À conversa com o SNS”, tendo como oradores Jorge Seabra (médico ortopedista e ex-director do Serviço de Ortopedia do Hospital Pediátrico de Coimbra), Luís Biscaia (médico de família e que integrou as equipas de projecto para a reforma dos Cuidados de Saúde Primários), Henrique Cabral (médico interno de Neurocirurgia do CHUC e actual coordenador do Conselho Nacional do Médico Interno – Centro), sob moderação do jornalista José Manuel Portugal (RTP). Actuam a Tuna de Medicina da Universidade de Coimbra e o Cordis & Vitorino.

As comemorações terminam no domingo (dia 15), pelas 17h00, com o acto simbólico da rega da ‘Oliveira SNS’, a árvore que cresce desde 2009 no Parque Verde do Mondego, iniciativa que deverá contar com a presença da ministra da Saúde, Marta Temido.

Nesta ocasião será homenageada a “figura maior” do SNS, António Arnaut, falecido em 21 de Maio de 2018, que foi o responsável pela criação do SNS, em 1979, quando era ministro dos Assuntos Sociais.

 

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com