Coimbra  12 de Agosto de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Médicos do Centro sensibilizam para cumprimento de regras da DGS

30 de Julho 2020 Jornal Campeão: Médicos do Centro sensibilizam para cumprimento de regras da DGS

A Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos (SRCOM) apresentou, hoje (30), a campanha “#RespeitoPelaVida”, uma iniciativa que procura sensibilizar a população para a importância de manter todos os cuidados em relação ao risco de infecção por covid-19, apelando a uma responsabilização colectiva.

Conforme explicou Carlos Cortes, presidente da SRCOM, “o desconfinamento trouxe novos desafios no combate à pandemia, uma vez que a maior arma é a prevenção”.

“Tem chegado à Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos várias manifestações de preocupação com a forma como nos protegemos, havendo algum desleixo em muitos locais públicos”, afirmou o presidente, acrescentando que o período de férias está a chegar “havendo tendência para aglomerados. Mas não pode haver relaxamento”.

A SRCOM tem trabalhado em conjunto com a Administração Regional de Saúde do Centro, todas as unidades de saúde pública e com as duas universidades que leccionam o curso de Medicina na região (Universidade de Coimbra e Universidade da Beira Interior), sendo “dividida” em duas vertentes: a primeira passa pela divulgação da informação e a segunda é mais “virada para o terreno, com acções de sensibilização” previstas em zonas onde se prevêem maiores aglomerados populacionais ou onde as pessoas não têm tendência a cumprir as recomendações das autoridades de saúde.

A primeira acção decorrerá no próximo sábado (01), em Oliveira do Hospital, na praia fluvial de S. Sebastião da Feira, onde uma equipa irá abordar a população, tentando explicar e sensibilizar para a importância da utilização de máscara, mostrar como se faz a correcta desinfecção das mãos, assim como falar da importância do distanciamento social.

Para que seja possível chegar a mais pessoas com estas acções no terreno, a SRCOM solicitou o apoio de todos os seus associados que, segundo Carlos Cortes, estão a aderir em massa.

O presidente da Secção alertou, ainda, para o facto de esta ser uma campanha sem data prevista de fim, uma vez que irá durar enquanto o vírus “estiver no meio de nós”, adequando-se as acções conforme a evolução da doença e a época do ano.

Na sessão de apresentação estiveram também presentes Alcina Silva, da ARS do Centro, Carlos Robalo Cordeiro, director da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra, e Inês Mesquita, coordenadora da campanha.

Carlos Robalo Cordeiro fez questão de realçar o “papel proactivo e agregador que a SRCOM tem tido” no processo de prevenção da covid-19, assim como o papel das escolas médicas, uma vez que tiveram uma “posição de muita coerência, promovendo o respeito pela vida”.