Coimbra  2 de Julho de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Medicina Legal: Francisco Corte-Real preside a Instituto

27 de Janeiro 2017 Jornal Campeão: Medicina Legal: Francisco Corte-Real preside a Instituto

Francisco Corte-Real Gonçalves foi designado, ontem (26), pelo Governo, para presidir ao Conselho Directivo do Instituto Nacional de Medicina Legal e Ciências Forenses (INMLCF),cuja sede está localizada em Coimbra.

Ex-subdirector da Faculdade de Medicina da UC, Francisco Corte-Real começou, hoje, a exercer o novo cargo , tendo sucedido a Francisco Brízida Martins (juiz desembargador).

A probabilidade da nomeação foi noticiada, a 05 de Janeiro, pela edição impressa do “Campeão”.

Mediante escolha da outrora ministra Paula Teixeira da Cruz, Brízida Martins tinha substituído, há três anos, Duarte Nuno Vieira, eleito, entretanto, para dirigir a Faculdade de Medicina da Universidade conimbricense.

Duarte Nuno tinha sido nomeado para aquele cargo, em 2001, pelo então ministro da Justiça, António Costa.

Ao justificar a designação de Francisco Corte-Real, o Governo alude a um “eminente académico de Medicina Legal”, possuidor de “idoneidade, competência técnica, aptidão, experiência profissional e formação (…) atestadas pela CReSAP – Comissão de Recrutamento e Selecção para a Administração Pública”.

O futuro timoneiro do INMLCF coordenou a comissão incumbida de elaborar o projecto de lei sobre a Base de Dados de Perfis de ADN.

Vice-presidente do Conselho Directivo do Instituto e director da Delegação Regional do Centro, João Pinheiro cumpre um mandato que expira a 28 de Fevereiro de 2017.

Patologista forense, Pinheiro foi o primeiro perito português a participar em missões internacionais da Organização das Nações Unidas (ONU) para documentação de Crimes contra a Humanidade (Kosovo e Bósnia), a partir de 2000.