Coimbra  19 de Maio de 2022 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Mealhada promove Programa de Educação Alimentar nas escolas

21 de Abril 2022 Jornal Campeão: Mealhada promove Programa de Educação Alimentar nas escolas

O Programa de Educação Alimentar da Câmara Municipal da Mealhada decorre durante o terceiro período escolar e é dirigido aos alunos do 1.º, 2.º e 3.º ciclos do Agrupamento de Escolas da Mealhada.

Informar, sensibilizar e incentivar os mais novos a fazerem escolhas mais informadas e conscientes, bem como promover a saúde individual e a sustentabilidade do planeta, são os principais objectivos deste programa que está a ser desenvolvido nas escolas do Município da Mealhada. Rita Fernandes, nutricionista da Câmara da Mealhada, sublinha que o objectivo é “capacitar os alunos para o que devem comer e o que devem evitar”.

É através de jogos e de sessões de educação alimentar que vai passando mensagem dos hábitos mais saudáveis em termos de alimentação. A intervenção abrange os 1.º, 2.º e 3.º ciclos, uma vez que é nestas idades que são determinados os hábitos e comportamentos alimentares de futuro, procurando-se, desta forma, prevenir possíveis doenças do comportamento alimentar, assim como evitar perigos associados à má alimentação em termos de autoestima e de amor próprio.

O programa é adaptado às idades das crianças e aborda desde os lanches saudáveis à importância dos hortícolas, desde a análise de rótulos aos benefícios da dieta mediterrânica.

Além das actividades com as crianças, há ainda iniciativas que dirigidas a encarregados de educação de forma a envolver toda a comunidade escolar, uma vez que o comportamento alimentar da criança depende directamente de quem a rodeia.

“Este programa é mais uma ferramenta com a qual pretendemos influir positivamente a vida das nossas crianças a juntar a uma série de outras iniciativas que desenvolvemos ao longo do ano, umas mais lúdicas, outras mais pedagógicas. O que pretendemos que as crianças do nosso concelho cresçam felizes e saudáveis, com as nossas estruturas a merecerem a confiança dos pais”, sublinha Gil Ferreira, vereador da Educação.