Coimbra  6 de Dezembro de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Mealhada: Homenageadas vítimas da covid-19 e voluntários

8 de Novembro 2021 Jornal Campeão: Mealhada: Homenageadas vítimas da covid-19 e voluntários

A Delegação da Mealhada da Cruz Vermelha Portuguesa plantou, no domingo (7), no Jardim Municipal da Pampilhosa, um azevinho como acto de homenagem a todas as vítimas da covid-19 e voluntários que estiveram na linha da frente.

A cerimónia, que se realizou no âmbito da Jornada Nacional de Memória & Esperança 2021, contou com a presença do presidente do Município da Mealhada, António Jorge Franco; do presidente da Fundação Mata do Bussaco, Guilherme Duarte; do representante da GNR, o adjunto de comando sargento Santos; do representante da Junta de Freguesia da Pampilhosa, o secretário Mário Gaspar; e dos voluntários da Cruz Vermelha Portuguesa que se deslocaram até ao Jardim Municipal da Mealhada.

O coordenador geral executivo da Delegação da Mealhada, Vítor Glória, destacou esta homenagem sentida a todas as vítimas da covid-19 e um agradecimento a todos os “voluntários” das diversas entidades que estiveram no apoio desde o início da pandemia. Para além disto, segundo a Cruz Vermelha, o responsável agradeceu também “o pronto apoio do Município da Mealhada e da Fundação Mata do Bussaco em associar-se à Cruz Vermelha nesta iniciativa”.

O presidente da Câmara da Mealhada sublinhou o papel das entidades envolvidas – Cruz Vermelha, Bombeiros, GNR e Município – que tudo fizeram para dar o melhor apoio a este combate, e o lamento dos óbitos e da dor das suas famílias.

Por sua vez, o presidente da Fundação Mata do Bussaco agradeceu o convite e salientou que o azevinho é sinal de vida e de esperança.