Coimbra  17 de Maio de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Mealhada é palco da Taça 1947

5 de Novembro 2020 Jornal Campeão: Mealhada é palco da Taça 1947

O Município da Mealhada vai ser palco da Taça 1947, uma nova competição nacional em hóquei em patins que trará ao Pavilhão Municipal do Luso as oito melhores equipas do campeonato português no final da primeira volta. A prova decorrerá de 09 a 13 de Dezembro.

Os quartos-de-final da nova competição da Federação da Patinagem de Portugal (FPP) decorrerão nos dias 09 e 10 de Dezembro, as meias finais no dia 12 e a final será no dia 13. Face às dificuldades inerentes à pandemia, não existem certezas quanto à possibilidade de o público poder assistir à Taça 1947, mas é certo que todos os jogos terão emissão televisiva, no canal Bola TV.

Esta nova prova é carregada de simbolismo e de história já que presta homenagem e evoca o ano de 1947, data em que Portugal conquistou, pela primeira vez, os títulos de Campeão do Mundo e Campeão da Europa, no Pavilhão dos Desportos (Carlos Lopes) em Lisboa.

O simbolismo passa também pelo local onde se realiza a prova. A Mealhada é, desde há muitos anos, “a casa das seleções de hóquei em patins”, como sublinhou Luís Sénica, presidente da Federação de Patinagem de Portugal. “As selecções centram-se neste concelho desde 2004 e já não é só uma parceria, sentimo-nos como uma família, quer na relação com a Câmara Municipal da Mealhada, quer na relação com o Grande Hotel do Luso. Estamos aqui como em casa”, afirmou Luís Sénica.

Rui Marqueiro, presidente da Câmara Municipal da Mealhada, assegurou que, embora num contexto difícil, “não podia virar costas a uma parceria de longa data, até porque a Federação Portuguesa de Patinagem, com a presença regular das suas selecções no Munícipio da Mealhada, dá um contributo significativo à economia local”. “Vivemos tempos difíceis, mas temos que ser resilientes e este campeonato vai acontecer e esta primeira edição vai ser na Mealhada. É um acontecimento cheio de história, positivo para o mundo do desporto, para o país e para a Mealhada”, sublinhou Rui Marqueiro, garantindo que a prova se fará com todas as medidas de segurança.