Coimbra  29 de Janeiro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Mealhada aprova orçamento superior a 21 milhões

19 de Dezembro 2019

A Câmara Municipal da Mealhada aprovou, por maioria, o orçamento de cerca de 21,3 milhões de euros para 2020.

O documento, aprovado em reunião do Executivo Municipal, contempla a conclusão de algumas obras e o começo de outras, como os mercados municipais da Pampilhosa e Mealhada, a Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) da Mealhada ou a requalificação do centro histórico da sede do município.

Segundo a autarquia este “é um orçamento de consolidação de obras fundamentais para o concelho da Mealhada, umas que entram em fase de conclusão este ano, outras que são iniciadas em 2020 e prolongar-se-ão para os anos subsequentes”.

Uma das apostas deste Executivo passa, também, pela preocupação ambiental. Assim, a promoção de sistemas inovadores de recolha de resíduos está dotada com uma verba de cerca de 900 000 euros, que inclui a recolha porta a porta, com aquisição de 12 000 contentores domiciliários, a aquisição de uma viatura de recolha, um sistema de controlo de acesso e o sistema de georreferenciação dos ecopontos.

A Câmara da Mealhada assume, ainda, que deverão ser finalizadas as obras na Escola Secundária da Mealhada, orçadas em 860 000 euros, e concretizadas as obras no Bairro Social da Póvoa da Mealhada, que custarão 275 000 euros.

Nas obras a iniciar incluem-se a remodelação da Piscina Municipal de Mealhada; a reconstrução da sala Polivalente do Luso (antigo cinema); as obras do Parque de Estacionamento do Luso; o equipamento da Casa Municipal da Criatividade e Juventude, em Ventosa do Bairro; a recuperação do ‘chalet’ de Santa Teresa e das antigas garagens do Palace, no Bussaco; a reconstrução do ‘chalet’ suíço, na Pampilhosa; a contenção de fachadas da antiga Fábrica das Devesas, na Pampilhosa; as obras dos regadios de Luso-Vacariça-Mealhada e de Santa Cristina; e a ciclovia de ligação Mealhada – Ventosa do Bairro.

Em 2020 será, ainda, dada continuidade às reparações dos danos causados pela tempestade Leslie, nomeadamente na Mata Nacional do Bussaco, nas coberturas dos estaleiros municipais, no Pavilhão Municipal da Mealhada e na cafetaria da Alameda.

No orçamento está, também, prevista a Festame – Feira do Município da Mealhada, mantendo a matriz de gratuitidade, bem como a política cultural de dinamização do Cineteatro Municipal Messias.

 

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com