Coimbra  13 de Maio de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Mealhada apresentou projecto “Academia de Líderes Ubuntu Escolas” à comunidade

4 de Março 2021 Jornal Campeão: Mealhada apresentou projecto “Academia de Líderes Ubuntu Escolas” à comunidade

O projecto “Academia de Líderes Ubuntu Escolas – Mealhada”, que se vai desenvolver, nos próximos três anos lectivos, foi, ontem (03), apresentado, via ZOOM.

Esta iniciativa, que se destina a jovens dos 14 aos 18 anos, é inspirada em modelos de liderança de personalidades como Nelson Mandela, Martin Luther King e Malala Yousafzai.

Segundo a autarquia, o projecto “procura transmitir valores como a solidariedade e o sentido de comunidade aos jovens, com objectivo destes se tornarem agentes de mudança na construção de uma sociedade mais justa e solidária”.

“Ubuntu é uma filosofia de origem sul-africana focada na valorização da interdependência e da solidariedade que procura desenvolver e promover competências pessoais, sociais e cívicas”, disse o Executivo.

Rui Marques, do Instituto Padre António Vieira (IPAV), entidade que desenvolve a Academia de Líderes em vários municípios do país, explicou que o projecto será desenvolvido em três principais eixos – ética do cuidado, liderança servidora e construção de pontes.

“Formar líderes servidores e construtores de pontes, promover uma ética do cuidado pelo outro e pelo planeta, transformar crenças, atitudes e comportamentos e restaurar a dignidade humana são os principais objectivos lançados neste projecto que chega agora à Mealhada, com já tantas dinâmicas cívicas e educativas importantes e relevantes na região”, disse Rui Marques.

Este projecto baseia-se numa proposta educativa não-formal, a partir do uso de ferramentas lúdico-pedagógicas, como reflexões, filmes, contos, músicas, textos e experiências.

Fernando Trindade, director do Agrupamento de Escolas, sublinha a importância do projecto. “Percebi de imediato o seu alcance e a importância para os jovens, pelo que é com grande entusiamo que vejo a implementação da Academia no Agrupamento”, afirmou.

“A iniciativa passará pela formação acreditada de professores e de outros educadores para a metodologia Ubuntu, em parceria com a Escola Superior de Educação Paula Frassinetti (ESEPF), para gerar autonomia e capacidade de replicação nomeadamente na disciplina de cidadania. Posteriormente, passará também pela capacitação dos estudantes”, informou o Executivo.

Esta iniciativa chega às escolas da Mealhada na sequência do projecto de criação do Bosque de Madiba, na Mata Nacional do Buçaco, local que já foi visitado pelo neto de Nelson Mandela, Ndaba Mandela, que plantou a primeira árvore do referido bosque.

Nesta ocasião, segundo Rui Marqueiro, presidente da Câmara Municipal da Mealhada, “autarquia assumiu o compromisso de desenvolver um projecto de Educação para a Cidadania, dirigido à comunidade escolar, como forma de celebrar a vida e o legado de Nelson Mandela, um dos heróis mais adorados e icónicos de todos os tempos, como forma de transmitir às gerações mais novas os valores da paz, da cooperação e do diálogo”.

O autarca afirma que o projecto é enriquecedor para os jovens do concelho e sublinhou que esta parceria “não se destina apenas às escolas, mas é emancipadora de novas elites, novas lideranças servidoras. O meu desejo é que se formem melhores líderes do que os que temos actualmente”.