Coimbra  16 de Junho de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Mealhada adere ao acordo europeu Cidade Verde

5 de Maio 2021 Jornal Campeão: Mealhada adere ao acordo europeu Cidade Verde

O Município de Mealhada aderiu ao acordo Cidade Verde (Green City Accord), um movimento voluntário de autarcas europeus empenhados na protecção do ambiente.

No âmbito desta iniciativa da Comissão Europeia, que pretende incentivar cidades de toda a Europa a tornarem-se mais limpas e saudáveis, a autarquia compromete-se a intensificar esforços, até 2030, em cinco áreas-chave: ar, água, natureza e biodiversidade, economia circular e resíduos e ruído.

Num esforço adicional para cumprir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), o município deverá estabelecer, nas áreas mencionadas, níveis básicos e definir metas ambiciosas no prazo de dois anos, bem como implementar políticas e programas de forma integrada e monitorizar e comunicar regularmente dados sobre a implementação e progresso

dessas mesmas políticas e programas.

A adesão ao Acordo Cidade Verde não implica qualquer pagamento, mas impõe ao Município da Mealhada metas rigorosas, que vão além dos requisitos mínimos estabelecidos pela legislação europeia. Do ponto de vista dos benefícios, a participação da Mealhada no movimento assegura maior visibilidade às suas acções e apoio técnico na sua implementação.

Pertencer a esta rede de cidades sustentáveis permitirá ainda a troca de experiências, de conhecimentos e de boas práticas entre municípios europeus, bem como o acesso a informação sobre financiamentos disponíveis.

Para Rui Marqueiro, presidente da Câmara Municipal da Mealhada, “os compromissos assumidos corroboram uma estratégia de promover um território ambientalmente sustentável, com menos poluição e que garanta uma melhor qualidade de vida a todos os munícipes, e uma visão de entregar o planeta e o concelho melhor às gerações futuras”.

Os municípios aderentes ao Acordo Cidade Verde partilham uma visão de que “em 2030, as cidades serão locais atraentes para viver, trabalhar e investir, e apoiarão a saúde e o bem-estar dos europeus. Todos respirarão ar puro, desfrutarão de água limpa, terão acesso a parques e espaços verdes e sentirão menos ruído ambiente. A economia circular será uma realidade e o desperdício será minimizado, graças a uma maior reutilização, recuperação e reciclagem”.

Paralelamente tem assegurado o envolvimento e trabalho em rede com outros municípios portugueses e europeus através do programa “Peer Learning” da iniciativa Pacto de Autarcas, que vai permitir o intercâmbio de experiências e aprendizagens, através da produção e troca de conhecimento, informação e colaboração entre pares.

O Acordo Cidade Verde é uma iniciativa que pretende complementar os acordos internacionais assumidos no âmbito do “Pacto dos Autarcas para a Energia e Clima” e contribuirá ainda para a implementação do “Pacto Ecológico Europeu” (European Green Deal) e para os Objectivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas.