Coimbra  25 de Setembro de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Mealhada: 1,8 milhões na regeneração do centro da cidade

9 de Fevereiro 2017 Jornal Campeão: Mealhada: 1,8 milhões na regeneração do centro da cidade

A Câmara da Mealhada aprovou, hoje, o programa preliminar do Plano de Acção de Regeneração Urbana (PARU), um investimento superior a 1,8 milhões de euros que vai requalificar o núcleo central da cidade.

O PARU vai requalificar e coordenar os vários equipamentos existentes no centro da Mealhada, nomeadamente o edifício da Câmara Municipal, a Biblioteca Municipal, a estação da CP e o futuro Centro de Mostra e Promoção de Produtos e Ideias, que será instalado na antiga destilaria do Instituto da Vinha e do Vinho, situado numa das entradas neste núcleo central.

Este projecto, avança fonte da autarquia, implica a requalificação das ruas de Visconde Valdoeiro, de Cerveira Lebre, de Capitão Cabral e de Luís Navega, onde será realizada uma intervenção destinada a “melhorar as condições de conforto e segurança ao nível da mobilidade”.

Estas vias terão “um ordenamento espacial sistematizado ao nível do mobiliário urbano, pavimentos, iluminação, sinalética, sombra e estrutura verde, aumento da funcionalidade e amenidade das diversas áreas, garantindo uma gestão e manutenção eficazes”, garante a autarquia liderada por Rui Marqueiro.

A intervenção pretende, ainda, “a regulamentação clara da ocupação da via pública, tanto no ordenamento do espaço, como dos usos, de modo a contribuir para reforçar a atractividade e as dinâmicas de animação diurna e nocturna; a promoção da vertente multifuncional, garantindo a coexistência e compatibilidade de usos (habitação, comércio, turismo e recreio) e o aumento dos níveis de conforto ambiental e urbanístico”.

Uma das componentes mais relevantes do PARU é a designada requalificação de vazio urbano com parque de estacionamento, que passará pela constituição de uma bolsa de estacionamento à superfície.

O novo parque de estacionamento ficará situado junto ao principal eixo comercial e de equipamentos da Mealhada, permitindo no futuro absorver os lugares de estacionamento suprimidos nas intervenções do PARU, facilitando o estacionamento automóvel no centro.

As obras realizar-se-ão numa faixa de terreno situado a nascente da Linha do Norte e adjacente ao Centro Histórico de Mealhada, com um custo ligeiramente superior a 780 000 euros.