Coimbra  1 de Junho de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

“Máscaras solidárias” da Cáritas excedem expectativas e ajudam 32 famílias

29 de Abril 2020 Jornal Campeão: “Máscaras solidárias” da Cáritas excedem expectativas e ajudam 32 famílias

O projecto “Máscara solidária”, lançado recentemente pela Cáritas Diocesana de Coimbra, através do seu Centro Comunitário de Inserção (CCI), excedeu as expectativas da própria instituição, tornando-se num sucesso absoluto.

O apoio da população em geral, mas também de vários parceiros, foi essencial para que o projecto conseguisse ultrapassar todas as previsões.

A iniciativa que consiste na venda de máscaras sociais, não cirúrgicas, tem como objectivo “a compra de produtos frescos – iogurtes, carne, peixe, legumes e frutas – para famílias cuja situação económica e social foi agravada com a pandemia da covid-19”, revela a Cáritas.

Assim, “dado o elevado número de pedidos, o Centro Comunitário de Inserção solicitou a ajuda da sua rede de vizinhança, com a qual mantém uma excelente relação de cooperação, para produção das máscaras solidárias”. A vizinhança do CCI, localizado na “Baixa” da cidade de Coimbra, são precisamente os comerciantes do centro histórico que também viram os seus estabelecimentos encerrados devido à pandemia de covid-19, bem como a Agência para a Promoção da Baixa de Coimbra (APBC).

Foram já confeccionadas 500 máscaras e a produção continua, ajudando a levar bens alimentares frescos a cerca de 32 famílias sinalizadas. O projecto das “Máscaras solidárias” complementa-se, aqui, com um outro, o “Somos Família” e, juntos, têm conseguido alcançar o objectivo de ajudar estas famílias com cabazes alimentares.

A contribuir para o projecto estão, também, diversos voluntários anónimos que, a partir de casa, têm ajudado na produção das máscaras.

Campanha “Somos família” permitiu já apoiar 22 agregados familiares

Nesta missão social, o projecto “Somos Família”, que consiste em que famílias adoptem outras famílias com carências, também tem tido excelentes resultados. São já 22 as famílias adoptadas por outras, recebendo assim cabazes recheados de bens essenciais.

A ideia do “Somos família” é “angariar famílias da sociedade civil que ‘adoptem’ famílias que estão a passar por momentos difíceis e às quais deverão entregar um cabaz por mês, recheado com produtos essenciais”.

O Centro Comunitário de Inserção começou por assinalar 20 famílias que totalizam 51 pessoas, incluindo crianças, e neste momento, os pedidos de ajuda têm vindo a aumentar, com a lista a ser actualizada para 32 famílias, num total de 87 pessoas.

As crianças das 22 famílias que receberam já os cabazes estão a elaborar desenhos para agradecer às famílias que as “adoptaram”, desenhos esses que o CCI depois envia às famílias adoptivas.

Para além das famílias sinalizadas, o CCI tem também entregado cabazes alimentares a outros agregados que procuram ajuda, no atendimento local.

Para quem pretender ser família “adoptante”, basta entrar em contacto com o Centro Comunitário de Inserção, através do telefone 239855840 ou e-mail ccinsercao@caritascoimbra.pt.