Coimbra  7 de Outubro de 2022 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Marmostra exibe 62 curtas-metragens no areal da Praia da Tocha

17 de Julho 2022 Jornal Campeão: Marmostra exibe 62 curtas-metragens no areal da Praia da Tocha

Começou ontem (16) a exibição de 62 curtas-metragens seleccionadas – entre as 2,400 inscritas – oriundas de 113 países, no âmbito da 5.ª edição da Marmostra. A decorrer até ao próximo dia 22 na Praia da Tocha, o evento é organizado pela Associação de Moradores da Praia da Tocha e conta com o apoio da Câmara Municipal de Cantanhede e da Junta de Freguesia da Tocha. Este assume em 2022 a característica de festival internacional de cinema, dado o elevado número e qualidades das obras apresentadas. A concurso estão quatro áreas temáticas, designadamente mar, ambiente, tradições, biografia.
Ao intervir na sessão de abertura, realizada no CIAX – Centro Interpretativo de Arte Xávega, a presidente da Câmara Municipal de Cantanhede, Helena Teodósio, destacou a importância destas parcerias, não só pelas dinâmicas culturais que elas geram, mas também porque alargam o âmbito da Marmostra, mobilizando outros parceiros verdadeiramente alinhados com os objectivos que presidem à organização do evento. Ainda de acordo com a autarca, a abertura deste festival ao público mais jovem, por via da 1.ª edição do Marmostra Júnior – destinado a curtas-metragens realizadas por jovens até aos 15 anos -, faz todo o sentido, não apenas pela dimensão pedagógica, mas também pelo incentivo a novos talentos para a realização de trabalhos audiovisuais, neste caso sobre os contextos sociais das zonas costeiras e a sua relação com o mar. A terminar, Helena Teodósio recordou a aposta do Município no reforço da atractividade da Praia da Tocha, não apenas com o instituto de melhorar de modo crescente os factores que lhe confere a sua reconhecida qualidade balnear, mas também para acentuar a atmosfera particular que a caracteriza com um ambiente urbano de qualidade, assegurando que a expansão urbana é feita em moldes tendentes a preservar a identidade do lugar.
As sessões diárias do Marmostra vão decorrer a partir das 21h30, no areal junto à Biblioteca de Praia, ou no CIAX, caso as condições meteorológicas impossibilitem a sua apresentação ao ar livre. Este ano, a Marmostra conta com extensões em Buarcos (Figueira da Foz), nos dias 23 e 24 de Julho, e outra em Canelas (Estarreja), dias 2 e 3 de Setembro. O objectivo da Marmostra é promover o conhecimento do Mar e suscitar a reflexão sobre questões da relação com as comunidades costeiras, nomeadamente em contextos sociológicos com ele relacionados, passando pela sua dimensão económica como fonte de recursos ou como meio propicio para actividades de lazer, recreio e desporto.