Coimbra  11 de Julho de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Marinha alerta para estado do mar com ondas de 4,5 metros

13 de Janeiro 2017 Jornal Campeão: Marinha alerta para estado do mar com ondas de 4,5 metros

A Autoridade Marítima Nacional lançou, hoje, uma alerta à comunidade marítima e a toda a população que frequente as zonas costeiras para a previsão de agravamento do estado do mar, com ondas que podem atingir os 4,5 metros de altura.

Devido à previsão de agitação marítima forte, também o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou sob “Aviso Amarelo” a costa dos distritos de Lisboa, Leiria, Coimbra, Aveiro, Porto, Viana do Castelo e Braga, entre a 09h00 de hoje e as 12h00 de sábado.

A Marinha e a Autoridade Marítima Nacional aconselham a adopção de medidas de segurança em terra, junto à costa, e de prevenção para quem se encontra no mar.

À comunidade marítima recomenda-se a consulta regular, durante o dia de hoje e amanhã, dos avisos à navegação promulgados pela Marinha e relativos à previsão meteorológica do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) e outras informações sobre as condições de acesso aos portos, evitando sair para o mar até que as condições melhorem.

Para quem por necessidade profissional tenha de estar no mar, recomenda-se que se certifique do estado de conservação dos equipamentos de salvação individuais e colectivos, com a Marinha a aproveitar para recordar as boas práticas para a sua correcta utilização, bem como assegurar que os equipamentos de comunicação rádio e de emissão de alertas de emergência se encontram em bom estado de funcionamento.

Aos pescadores lúdicos de pesca à cana aconselha-se cautela, evitando pescar junto a zonas de arriba nas frentes costeiras atingidas pela rebentação das ondas, e à população em geral recomenda-se evitar passear junto à beira-mar e nas praias próximo das zonas de rebentação.

O Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Lisboa, os meios navais da Marinha e os meios marítimos da Autoridade Marítima Nacional, designadamente do Instituto de Socorros a Náufragos, encontram-se em permanente alerta e em prontidão para responder a pedidos de socorro no mar.