Coimbra  21 de Maio de 2024 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Marca Mondego-Bussaco reconhecida pela Organização Mundial de Turismo

20 de Abril 2024 Jornal Campeão: Marca Mondego-Bussaco reconhecida pela Organização Mundial de Turismo

A nova marca Mondego-Bussaco, projecto criado e desenvolvido pelos municípios de Mealhada, Mortágua e Penacova, foi reconhecido pela Organização Mundial de Turismo (OMT) como uma proposta que “procura ilustrar, numa única imagem, o ritmo lento da natureza, que convida quem visita este território a abrandar” e ver o que a inovadora estratégia turística intermunicipal adoptou como lema: “Onde o tempo leva tempo”.

A OMT sublinhou que a marca Mondego-Bussaco “foi criada com o objectivo de dar destaque às singularidades de Mealhada, Mortágua e Penacova, proporcionando aos visitantes e residentes uma narrativa envolvente que os leva numa viagem emocionante e enriquecedora”.

Este projecto integrado, combinação de esforços e sinergias entre os três municípios, tem quatro vectores que a OMT destacou: “Unidade – a partilha de uma visão e de objectivos comuns; Qualidade – um território exigente, delicado e empenhado em apresentar a sua melhor versão a quem o visita; Autenticidade – um modo de ser colectivo, que convida e conforta, como se fosse o lar e a família ; e Sustentabilidade – um destino que está consciente da importância e vulnerabilidade dos recursos e promove activamente a sua preservação e utilização responsável”.

Por estas razões, a OMT – órgão das Nações Unidas que promove o sector turístico como um motor de crescimento económico, desenvolvimento inclusivo e sustentável – classificou o projecto intermunicipal Mondego-Bussaco “como uma das mais recentes e inovadoras estratégias de branding desenvolvidas em Portugal” pelo IPDT – Turismo.

Reconhecimento

Filomena Pinheiro, vice-presidente da Câmara Municipal da Mealhada, congratulou-se com o “sinal de reconhecimento da valia da estratégia desenvolvida e do alinhamento com os valores defendidos pela OMT”.

“Saberemos levar a bom porto esta ambição e, em conjunto, de forma concertada e sustentada, vamos construir um destino atractivo e coeso, com base na valorização da oferta existente no território. Acreditamos que as sinergias alavancadas pela marca serão geradoras de novas oportunidades, para os diferentes agentes, nomeadamente para os operadores turísticos, que podem vender os seus produtos e ter novas oportunidades de mercado alicerçadas no selo Mondego-Bussaco”, afirmou Filomena Pinheiro, ao Campeão das Províncias.

Apresentado na BTL – Bolsa de Turismo de Lisboa, o programa Mondego-Bussaco proporciona aos visitantes da extensa região dos três municípios experiências de contacto com a natureza, a história e a gastronomia e os vinhos

“Os três municípios moldaram-se à imagem dos seus dois principais recursos: a serra do Bussaco e o rio Mondego, elementos indispensáveis, que conferem a estes territórios um semblante cromático fascinante que varia entre o verde e o azul”, pode ler-se na página oficial, na Internet.

João Paulino (Jornalista do “Campeão” em Lisboa)

Publicado na edição em papel do Campeão das províncias de 18 de Abril de 2024